Flávio Dino esclarece ritmos de vacinação contra Covid-19

O governador do Maranhão, Flávio Dino, usou as redes sociais na manhã desta quinta-feira, dia 10, para esclarecer o ritmo diferente de vacinação contra Covid-19 nos municípios.

Ele também destacou o papel do governo do estado na processo, e ainda, como vem colaborando para agilizar a vacinação, uma vez que a aplicação das vacinas é atribuição precípua dos municípios.

“O modo como o Plano Nacional de Imunização foi estruturado, com grupos prioritários definidos nacionalmente e critérios etários, determinou ritmos diferentes de vacinação em cada município. Ademais, há vacinas que são orientadas pelo Min. da Saúde exclusivamente para capitais (..) Estamos ajudando os municípios, com 700 profissionais cedidos, além de doarmos insumos. Ainda há muitas fichas de vacinação em municípios que não foram informadas ao Min. da Saúde. E estamos fazendo os “arraiais da vacinação” para colaborar no aumento da velocidade da aplicação”, destacou Flávio Dino.

Esta semana o Maranhão avançou 11 posições no ranking nacional na aplicação da 1ª dose da vacina. O Estado estava em 24o lugar agora ocupa a 13o.

O governador Flávio Dino e o prefeito de São Luís, Eduardo Braide, usaram as respectivas redes sociais nesta semana para anunciarem ações para acelerar a vacinação.

Aprovado importação e uso das vacinas Sputnik V e Conavaxin

Do Uol

A Anvisa aprovou nesta sexta-eira, dia 4, a importação e o uso das vacinas Convaxin e Sputnik V no Brasil. A avaliação ainda esta sendo feita neste parte pela agência reguladora.

Destaco que fica autorizada a importação excepcional e temporária do seguinte quantitativo, correspondente a doses para imunização de 1% da população nacional, dentro do cronograma enviado pelo Ministério da Saúde: 4 milhões de doses.”, Alex Machado Campos, diretor da Anvisa.

Há cerca de duas semanas, mais documentos sobre a Sputnik V foram entregues pela União Química, representante no Brasil, e pelo Fundo Soberano Russo, responsável por disponibilizar o imunizante. Aqui mais informações

Presidente Bolsonaro distorce dados sobre vacinas e empregos

Do Uol

O presidente Jair Bolsonaro repetiu, em pronunciamento à nação na noite de ontem, quarta-feira, dia 2, dados distorcidos sobre vacinas e empregos no Brasil.

Bolsonaro disse que o Brasil é o quarto que mais vacinou contra a covid-19 no mundo, o que só é verdade em números absolutos, mas não em termos de proporção da população; e que o país encerrou 2020 com mais empregos formais do que em 2019, uma comparação que não pode ser feita devido a mudanças no método de cálculo feitas pelo próprio governo. Aqui mais informações

MA recebe 600 mil testes e intensifica rastreamento de casos da Covid-19

O maranhão recebeu 600 mil testes de detecção da Covid-19 do Ministério da Saúde, no domingo, dia 2, a ação foi motivada pelo registro da variante no estado.

A entrega foi realizada pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, que também anunciou aumentou em 5% de doses de vacinas contra a covid-19 em São Luís, São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa.

A testagem será realizada nos aeroportos de São Luís e Imperatriz, na região portuária de São Luís e em outros pontos da Grande Ilha.

“Nós trabalhamos juntos não só para evitar a transmissão comunitária da variante indiana, mas também para enfrentar a pandemia da Covid-19. Nosso objetivo aqui é fortalecer o Sistema Único de Saúde nessa grande ação integrada. Serão mais 300 mil doses para a Ilha e realização, de maneira pioneira no Brasil, de testagem em massa com teste de antígeno rápido”, afirmou Marcelo Queiroga.

O governador Flávio Dino ressaltou a disposição do estado em atuar como parceiro das ações de monitoramento.

“Tanto no que se refere a aeroportos e portos, onde o comando é da Anvisa, a Secretaria da Saúde do Estado e, creio que a do município, estão à disposição para ceder recursos humanos, a fim de que essas ações sejam possíveis dentro do planejamento feito pelo Ministério da Saúde. No que se refere à comunidade, nós já temos uma ação muito intensa e vamos ampliar isso com a disponibilização desses testes rápidos para detecção da Covid-19”, disse o governador.

A testagem para rastreamento de casos da Covid-19 começou ainda neste domingo (23), no Porto do Itaqui.

‘.. fiquei feliz com a nova posição do governo dos EUA..’, Dino sobre quebra de patentes

O governo dos EUA decidiu apoiar nesta quarta-feira, dia 5, a ideia de suspender patentes de vacinas e juntar aos países emergentes na OMC (Organização Mundial de Comércio).

A decisão do governo Biden está sendo considerada histórica. O Brasil que já foi a favor da medida, mas desde o ano passado passou ser contra, se alinhando ao então governo de Donald Trump.

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), lembrou nas redes sociais que mês passado numa reunião virtual dos governadores com a Secretária Geral Adjunta da ONU, defendeu a suspensão temporária das patentes de vacinas.

“..diziam ser impossível comprar a vacina Pfizer..”, Dino sobre vacina que chegou hoje ao MA

O Maranhão recebeu, na tarde desta segunda-feira (3), o primeiro lote de vacinas Pfizer.

O governador Flávio Dino lembrou que o país poderia ter adquirido 70 milhões de forma antecipada, se não fosse a tese de que o Brasil não teria como conservar.

O Maranhão recebeu 10.530 doses que serão aplicadas na primeira dose das pessoas com comorbidades, gestantes, puérperas e pessoas com deficiência permanente.

As vacinas foram armazenadas em ultrafreezers, aparelhos que garantem a conservação adequada da vacina e podem chegar à temperatura de –86°, na Rede de Frio da Secretaria de Estado da Saúde,

Apenas a capital, São Luís, irá receber esse imunizante. As vacinas para a aplicação da segunda dose do imunizante devem ser enviadas ao Maranhão em 12 semanas.  

Junto com a vacina Pfizer, chegaram também 173.250 doses da vacina AstraZeneca para dar continuidade a campanha de imunização contra a Covid-19 nos 217 municípios maranhenses. Essas doses também serão destinadas ao público de pessoas com comorbidades, gestantes, puérperas e pessoas com deficiência permanente, além de pessoas de 60 a 64 anos.

O Maranhão totaliza 1.907.370 doses recebidas, sendo 830.000 da AstraZeneca, 1.066.840 doses da CoronaVac e 10.530 doses da Pfizer.

ANVISA é contra importação e uso da vacina Sputnik V

Do Uol

Os diretores da Anvisa rejeitaram na noite de segunda-feira, dia 26, a importação e o uso da vacina russa Sputnik V pelo Brasil.

O relator Alex Machado Campos apontou a “falta de documentação” e os possíveis riscos do imunizante à saúde.

O colegiado se reuniu hoje para cumprir decisão do ministro do STF, Ricardo Lewandowski, que deu 30 dias para que a agência reguladora decidisse sobre o uso do imunizante.

A Anvisa chegou a recorrer do prazo, que vence na quinta-feira, dia 28, mas o ministro indeferiu o pedido.

Mais 86.600 doses de CoronaVac e AstraZeneca são distribuídas no MA

O Maranhão está distribuindo novas doses de vacinas CoronaVac e AstraZeneca ontem sábado, dia 24.

No sábado foram entregues mais 2.030 novas doses de vacinas contra Covid-19 ao município de São Luís. 

As vacinas são destinadas para imunização dos profissionais da educação da rede privada, conforme já pactuado na Comissão Intergestores Bipartite (CIB). 

A distribuição foi realizada simultaneamente na capital e nas Regionais de Saúde de Açailândia, Imperatriz, Balsas, Caxias, Timon, Presidente Dutra, Barra do Corda, São João dos Patos e Pedreiras. 

Neste domingo, dia 25, estão sendo enviada vacinas para as regionais de Bacabal, Santa Inês, Zé Doca, Codó, Pinheiro e para o município de Alcântara.

As doses das vacinas chegaram ao Maranhão na última sexta-feira, dia 23.

Foram 86.600 doses, sendo 19.600 de CoronaVac e 67.000 de AstraZeneca.

Bira do Pindaré e Zé Carlos únicos a votarem contra o projeto ‘Fura-Fila’

Os deputados federais Bira do Pindaré (PSB) e Zé Carlos (PT), foram os únicos dos 16 parlamentares da Bancada Maranhense, a votarem contra o texto base do projeto apelidado de ‘Fura-Fila’, que permite aquisição de vacinas contra Covid-19 pela iniciativa privada, aprovado na Câmara Federal.

Nesta quarta-feira, dia 7, serão apreciados e votados os destaques.

Dos 18 deputados da bancada maranhense apenas 16 participaram da sessão que aprovou o texto base, com 317 votos a favor e 120 contra.

O texto aprovado faz alterações no Projeto de Lei 948/21, do deputado Hildo Rocha (MDB-MA). De acordo com o texto pessoas jurídicas de direito privado, individualmente ou em consórcio poderão comprar as vacinas contra a Covid-19.

“Um desastre com método”, Carlos Lula sobre mais de 4 mil mortes

Da Veja (Radar)

Brasil registrou nesta terça-feira, dia 6, total de 4.195 mortes em 24 horas.

“Fizemos tudo errado até aqui e o resultado é este. O pior é que aparenta não termos chegado ainda no pior momento. A curva de óbitos ainda tem capacidade de crescimento. A politização da pandemia e a divisão do país nos trouxe até aqui. É hora de mudar. Com a máxima urgência. Conseguiremos? Já não sei. Infelizmente não sei dizer”, disse Carlos Lula, secretário de Saúde do Maranhão e presidente do CONASS.