MA pronto para vacinar crianças de 5 a 11 anos contra Covid-19

O secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, disse nesta quarta-feira, dia 6, que o Maranhão está com a logística pronta para a distribuição das vacinas contra Covid-19, para crianças de 5 a 11 anos, nos 217 municípios maranhenses.  

“Desde o início da campanha de imunização contra a Covid-19, contamos com a parceria do Centro Tático Aéreo (CTA), que faz o transporte das vacinas com o uso de helicópteros e avião, e da Polícia Militar, responsável pela segurança no deslocamento. Além disso, realizamos o transporte por terra em vans refrigeradas. Tudo para que os imunizantes cheguem o mais rápido possível ao seu público-alvo”, afirma o secretário Carlos Lula.  

A primeira remessa dos imunizantes da Pfizer, segundo o Ministério da Saúde, chega ao Brasil no dia 13 de janeiro, contendo 1.248 milhões de doses. 

A mesma quantidade devem chegar, dias 20 e 27 de janeiro, totalizando 3,7 milhões de doses. O Brasil deve receber 20 milhões de doses no 1º trimestre e 20 milhões no 2º trimestre. 

De acordo com a Nota Técnica do Ministério da Saúde a vacinação nesse público-alvo será escalonada, alcançando, inicialmente, as crianças dentro dessa faixa etária com comorbidades ou deficiência permanente. Logo após, devem ser vacinadas crianças indígenas e quilombolas; depois, crianças que vivem em lares com pessoas com alto risco para evolução grave de Covid-19; e por fim, todo o público de 5 a 11 anos, começando pelos mais velhos.  

De acordo com estimativa do IBGE, em 2021, calcula-se que, no Maranhão, haja cerca de 822.908 crianças na faixa etária de 5 a 11 anos. Em todo o país, o público-alvo estimado para a vacinação é de 20,4 milhões. Para a imunização das crianças brasileiras serão necessárias 40 milhões de doses. O intervalo entre a primeira e segunda dose para este público deverá ser de 8 semanas.

Profissionais da Saúde recebem 3ª dose da vacina para Covid-19 em SL

A Prefeitura de São Luís iniciou a vacinação da terceira dose contra a Covid-19, nesta segunda-feira (27), profissionais da saúde a partir dos 60 anos, como recomenda o Ministério da Saúde MS.

São Luís já vacinou com a terceira dose 4.672 idosos e imunossuprimidos, desde o dia 26 de agosto. 

“.. conforme havíamos anunciado, nossos profissionais da saúde, também já receberão, a terceira dose do imunizante contra o novo coronavírus. Nosso compromisso é que toda população possa estar protegida e vamos avançar cada vez mais na luta contra a Covid-19 em São Luís..”, destacou Eduardo Braide. 

Hoje estão sendo vacinados profissionais a partir de 60 anos e que tomaram a segunda dose até 30 de março.

Este público poderá ir a qualquer um dos nove pontos de vacinação da Prefeitura, das 8h às 18h, levando documento de identificação com foto e o cartão de vacina. 

Bolsonaristas tentam invadir Ministério da Saúde e agredir Jornalistas

Um grande de apoiadores do presidente Bolsonaro, tentou invadir o Ministério da Saúde nesta quarta-feira, dia 8, em Brasília. Eles também tentaram agredir jornalistas que se encontravam no local.

De acordo com as informações, o grupo está na capital federal desde segunda-feira, dia 6, acampada na Esplanada dos Ministérios e participaram das manifestações do dia 7 de setembro.

3ª dose da vacina contra Covid começa dia 15 de setembro

Do Uol

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, anunciou nesta quarta-feira, dia 25, a aplicação da terceira dose da vacina contra Covid-19, em idosos e imunossuprimidos no próxima dia 15 de setembro.

Na mesma data começará a redução do intervalo da vacinação da Pfizer e AstraZeneca, de 12 para 8 semanas.

A imunização extra contemplará idosos a partir de 70 anos, sendo que os primeiros a receberem a vacinação serão os acima de 80 anos.

MA chegará a mais de 5 milhões de doses de vacinas recebidas

O Maranhão recebe, nesta semana, mais 435.445 doses de vacinas contra a Covid-19 para reforçar a vacinação contra a doença em todo o estado.

“Temos investido esforços para auxiliar os municípios a acelerarem a vacinação, por isso municípios já apresentam perto de 100% da população adulta vacinada com a primeira dose. Com a quantidade que deve chegar nesta semana, poderemos ampliar o alcance da campanha e contribuir para que outras cidades alcancem esse índice”, destaca o secretário, Carlos Lula. 

Com os novos lotes dos imunizantes CoronaVac, Pfizer e AstraZeneca, o Maranhão chegará ao quantitativo de 5.116.845 doses de vacinas já recebidas. 

Os imunizantes devem chegar em solo maranhense nesta terça (27) e quarta-feira (28). 

Das 4.115.100 doses já distribuídas no estado, os municípios maranhenses já aplicaram 3.707.935.

Nesta terça-feira (27) o estado receberá 117.080 doses de CoronaVac 29.100 e doses da AstraZeneca. Já na quarta-feira (28), serão 222.125 doses de AstraZeneca e 67.140 da Pfizer.

As vacinas chegam para continuidade da imunização por idade, de acordo com o andamento da vacinação nos municípios.     

Com as novas remessas, do total de 5.116.845 doses de vacinas, serão 1.502.620 doses da CoronaVac, 2.965.475 da AstraZeneca, 538.650 da Pfizer e 110.100 da Janssen.

Distribuição da Janssen começa nesta sexta-feira dia 25 no Maranhão

O primeiro lote de vacinas da Janssen chegou ao Maranhão nesta quinta-feira (24), são 42.100 doses. Também chegou mais um lote da CoronaVac, com 81.000 doses. 

Os imunizantes começam ser enviados aos municípios nesta sexta-feira (25), iniciando pelas cidades da Grande Ilha: São Luís, Raposa, São José de Ribamar e Paço do Lumiar. 

Por orientação do Ministério da Saúde, as vacinas Janssen, de dose única, serão destinadas a 4,7% das pessoas com comorbidade e pessoas com deficiência permanente.

A vacina da Jassen será distribuída na proporção de 30% para São Luís, São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa e 70% para Imperatriz, Balsas, Caxias, Bacabal, Pinheiro, Coroatá, Açailândia, Santa Inês e Presidente Dutra.

A CoronaVac será distribuída para os 217 municípios para trabalhadores da Educação do Ensino Superior e pessoas com comorbidade e com deficiência permanente. Caso os municípios já tenham contemplado esses grupos, a campanha pode avançar por faixa etária, por ordem decrescente. 

O Maranhão totaliza 3.864.270 doses recebidas, sendo 1.304.540 da CoronaVac, 2.273.100 da AstraZeneca, 244.530 da Pfizer e 42.100 da Janssen.

“..temos um ministro da Saúde que não manda nada..”, Eliziane sobre Queiroga

A senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA), disse nessa terça-feira, dia 8, que o novo depoimento do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, na CPI da Covid-19, mostro que ele é ministro mas não manda.

“O depoimento de Marcelo Queiroga mostra que temos um ministro da Saúde que não manda nada. O ministro não teve autonomia para contratar Luana Araújo e também não tem para demitir a Mayra, omite-se sobre as aglomerações do Presidente. Pisa em ovos para não contrariar o chefe. Falta coragem!”, destacou Eliziane nas redes sociais.

Médico Marcelo Queiroga aceita ser Ministério da Saúde de Bolsonaro

Da CNN

O presidente Jair Bolsonaro convidou o presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), Marcelo Queiroga, para ocupar o Ministério da Saúde, que aceitou substituir o general Pazuello.

Maranhão receberá 386.546 mil novas doses de vacinas na próxima semana

Na próxima semana o Maranhão receberá 386.546 novas doces de vacinas contra a Covid-19, a anuncio foi realizado no inicio da noite desta quinta-feira, dia 18, pelo Secretário de Esatado da Saúde, Carlos Lula.

Cerca de 289 mil pessoas serão beneficiadas essa nova etapa de vacinação, os alvos nessa fase serão idosos de 80 a 89 anos, povos e comunidades ribeirinhas e quilombolas e profissionais de saúde.

Na tarde de ontem quarta-feira, dia 17, o ministro Eduardo Pazuello informou durante reunião com governadores, o envio de novas doses do Butantan para todo país a partir da próxima semana, hoje foi confirmado.

O ministro também disse que até 31 de julho serão distribuídos 230 milhões de doses de vacinas para os estados, fornecidas pelos institutos Butantan (Sinovac), Fiocruz (AstraZeneca), União Química (Sputnik) e Precisa (Bharat Biotech) serão os fornecedores. 

Carlos Lula participa da posse do General Pazuello no ministério da Saúde

O general Eduardo Pazuello assume oficialmente, nesta quarta-feira (16), o comando do Ministério da Saúde às 17h, no salão nobre do Palácio do Planalto.

O Secretário de Saúde do Maranhão, Carlos Lula, também presidente do CONAS (Conselho Nacional de Secretários de Saúde), participará da solenidade.

Ele está ocupando interinamente o cargo desde 16 de maio, quando assumiu em substituição a Nelson Teich, que passou menos de um mês na pasta.

Eduardo Pazuello, que não é da área da Saúde, será oficialmente o 3º Ministro da Saúde do governo Bolsonaro.