ONU cobrará governo Bolsonaro sobre milícia, Ditadura e polícia

Do Uol 

O presidente Jair Bolsonaro será pressionado nesta segunda-feira, dia 13, quando o Comitê da ONU sobre Desaparecimentos Forçados iniciar a primeira avaliação feita sobre a situação no Brasil.

O exame cobrará respostas do governo sobre a violência policial, sobre as milícias e a atitude do estado em relação aos desaparecidos durante a ditadura militar (1964-1985), dois aspectos que Bolsonaro abriu polêmicas por defender posturas que violam o direito internacional.

A reunião contará com representantes sociedade civil brasileira e com autoridades do Itamaraty e do Ministério dos Direitos Humanos, Família e Mulher.

Assessoria de Daniella Tema confirma ameaça contra a parlamentar em Tuntum

A assessoria da deputada estadual Daniella Tema (DEM), esposa do prefeito de Tuntum, Cleomar Tema, confirmou em nota, que a parlamentar foi vítima de ameaça na noite de domingo, dia 18, por volta das 20h, no município.

O episódio está sendo apurado pelas autoridades, tão logo foi informado por Daniella Tema, que lamentou o fato após comunicar a polícia.

A campanha eleitoral de 2020, no município de Tuntum, tem sido marcada por um clima de preocupação.

O deputado estadual, Fernando Pessoa (Solidariedade), que concorre à prefeitura do município, no inicio da campanha se reuniu com o Secretário de Segurança, Jefferson Portela, para também denunciar ameaças.