Covid-19: morre Zé Hélio prefeito do município de Paraibano

 

O prefeito do município de Paraibano, conhecido como ‘Zé Hélio”, faleceu na madrugada desta sexta-feira (14), vítima da Covid-19. Ele se encontrava internado em São Luís.

O deputado federal, Márcio Jerry, também presidente do PCdoB no Maranhão, ao qual o prefeito também era filiado, lamentou a morte do correligionário e amigo.

“Perdi hoje o amigo e companheiro Zé Hélio, prefeito de Paraibano. Ser humano dos melhores vitimado nesta sexta pela covid. O PCdoB do Maranhão de luto, Paraibano e o Maranhão. Foi na residência do Zé Hélio que em 2017 dei o primeiro passo na caminhada rumo à Câmara dos Deputados.”, lamentou Márcio Jerry.

Recentemente o prefeito ‘Zé Hélio’ gravou um vídeo onde faz um apelo à população, para respeitarem as regras sanitárias contra o coronavírus, e também evitem aglomerações.

 

AL-MA faz homenagem para Milson Coutinho e Indalécio Wanderlei

 

c15448135c4408670a40b04f473b5c25

A Assembleia Legislativado Maranhão homenageu nesta terça-feira (4), o ex-prefeito de Governador Nunes Freire, Indalécio Wanderlei (PT), 55 anos, que morreu no dia 29 de junho, e o desembargador, professor, historiador e escritor Milson Coutinho, que faleceu hoje, aos 81 anos.

O deputado Othelino Neto, presidente da Assembleia Legislativa, lamentou as duas mortes, lembrando que Indalécio Wanderley foi um militante político respeitado. Quanto ao desembargador Milson Coutinho, disse do privilégio de desfrutar de sua amizade.

“O desembargador Milson Coutinho trabalhou com meu avô, Othelino Novas Alves, e com meu pai, Othelino Filho, no Jornal Pequeno, onde, juntos, empunharam a bandeira da liberdade e travaram históricas lutas pela democracia (..) Era um dos homens mais cultos do Maranhão e deixou um conjunto de obras que marca a sua trajetória como escritor e, também, como presidente da Academia Maranhense de Letras. Perdemos um dos grandes nomes de nossa história”, finalizou.

 

Morre Milson Coutinho ex-presidente do Tribunal de Justiça do MA

 

20111125102953212464i
Milson Coultinho, ex-presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão e a Academia Maranhense de Letras/Foto: Reprodução

O ex-presidente as Academia Maranhense de Letras e do Tribunal de Justiça do Maranhão, Milson Coutinho, faleceu aos 81 anos, nesta terça-feira (4), em São Luís, ele também era jornalista e historiador. Ele morreu em decorrencia de complicações na sua saúde.

Nasceu no município de Coelho Neto e bacharelou-se em Direito pela Universidade Federal do Maranhão em 1972.

Exerceu por três mandatos o cargo de conselheiro da OAB-MA, foi procurador do Estado e assessor jurídico de municípios, dentre outras funções públicas relevantes.

Foi eleito vice-presidente do TJ em janeiro de 2000. Novamente eleito, exerceu a presidência do Tribunal no biênio 2004-2005.

Foi vice-presidente do Tribunal Regional Eleitoral, em 1997, e presidente de 1998 a1999.

Historiador com vasta produção literária, era membro da Academia Maranhense de Letras, onde ocupava a cadeira nº 15, que teve como patrono Odorico Mendes.

Também era membro das academias de Caxias, Pedreiras e São Bento de Letras, além da Maranhense de Letras Jurídicas (poltrona do Visconde de Alcântara) e membro do Instituto Histórico e Geográfico do Maranhão.

Foi redator de periódicos e estações de rádio de São Luís e diretor do Arquivo Público do Estado. Ex-professor universitário, é cidadão honorário de vários municípios, inclusive da capital.

AL-MA manifesta pesar pelo falecimento de Ricardo Acher

 

FB_IMG_1551266070820A Assembleia Legislativa do Maranhão, através de nota assinada pelo deputado Othelino Neto, preseidente do Legislativo Estadual, manifestou pessar pelo falecimento do ex-prefeito de Codó, Ricardo Acher, 68 anos, vitíma do Covid-19.

Nota

A Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão manifesta profundo pesar pelo falecimento do empresário e político Ricardo Archer, 68 anos, ocorrido nesta quarta-feira (29).

Ricardo Archer foi prefeito do município de Codó por dois mandatos consecutivos (de 1997 a 2005) e presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem), no biênio 2001-2002.

Em 2009, chegou a assumir mandato na Assembleia Legislativa, na condição de deputado estadual suplente pelo PMDB. Era uma grande referência política na região de Codó.

Sensibilizada, a Assembleia Legislativa presta condolências aos familiares, amigos e admiradores de Ricardo Archer, desejando conforto nesse momento tão difícil e de imensurável perda.

São Luís, 29 de julho de 2020

Deputado Othelino Neto
Presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão

Morre Severino Cavalcanti, ex-presidente da Câmara Federal, aos 89 anos

 

Severino_Cavalcanti
Ex-presidente da Câmara Federal, Severino Cavalcante (PP-PE)/Foto: Reprodução

Morreu na manhã desta quarta-feira (15), o ex-presidente da Câmara Severino Cavalcanti (PP-PE), em Recife aos 89 anos. A causa da morte não foi divulgada.

Ele foi deputado estadual sete vezes e federal por três mandatos. Renunciou ao último deles em 2005, quando era presidente da Câmara, para escapar de um processo de cassação.

Severino chegou ao comando da Câmara Federal após surpreendente vitória sobre o candidato Luiz Eduardo Greenhalgh (PT-SP), ao se aproveitar de divisão interna do PT.

O pernambucano era considerado um dos líderes do chamado baixo clero.

Ele abriu mão da presidência e do mandato em setembro de 2005 depois de ser acusado de cobrar R$ 10 mil por mês do dono de um restaurante que funcionava na Câmara. O caso ficou conhecido como mensalinho. (Congresso em Foco)

Othelino Neto lamenta morte do deputado José Gentil vítima da Covid-19

 

gentil-640x444
Deputado José Gentil e o filho Fábio Gentil, prefeito de Caxias/Foto: STF

O depuatdo Othelino Neto, presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, lamentou nas redes sociais nesta segunda-feira (15), o falecimento do deputado estadual, José Gentil, 80 anos, ocorrido em Teresina-PI, onde lutava pela vida por causa de complicações de saúde causadas pelo novo coronavírus.

“Tive o prazer de conhecê-lo ainda criança, pois ele era vizinho e amigo dos meus pais. MInha solidariedade à viúva, aos filhos e netos, aos amigos, e do modo especial à população de Caxias”, disse Othelino Neto.

Pai do prefeito do municpio de Caxias, Fábio Gentil, o deputado José Gentil estava no quarto mandato de deputado. Semana passada o prefeito através das redes sociais, pediu que rezassem pela recuperação do pai que estava em situação grave.

Políticos e colegas de parlamento se manifestaram em solidariedade à família e lamentaram a morte de José Gentil.

Morre Padre Bráulio aos 66 anos, mais uma vítima do coronavírus

 

padre
Padre Bráulio, 66 anos/Foto: Reprodução

Faleceu nesta segunda-feira (18), vítima do novo coronavírus, o Padre José Bráulio Sousa Ayres, 66 anos, o Pe. Bráulio, muito conhecido na Arquidiocese de São Luís, foi pároco do Santuário de São José de Ribamar durante muitos anos, na Região Metropolitana.

Padre Bráulio estava internado a um mês no Hospital São Domingos, na capital maranhense.

O deputado federal Bira do Pindaré (PSB), ligado à Igreja Católica, tendo participado de vários movimentos como a Pastoral da Juventude, lamentou o falecimento do religioso.

Nota de falecimento

‘Muito bem, servo bom e fiel. (…) Vem participar da alegria de teu Senhor (Mt, 25, 23)·

Padre José Bráulio Sousa Ayres

Nascimento: 10.04.1954 em Penalva-MA

Falecimento: 18.05.2020

Ordenação presbiteral: 06.12.1981

No momento, exercia a função de pároco da Paróquia Santíssima Trindade, na Cidade Olímpica

Dom Esmeraldo e eu recebemos há pouco – agora são 09.40 da manhã de 18.05.2020 – a notícia do falecimento de padre Bráulio. De certa maneira, fomos pegos de surpresa, uma vez que as notícias recentes sobre a evolução da doença eram bastante positivas.

A Arquidiocese de São Luís do Maranhão deve muito ao padre Bráulio. Se pudermos sublinhar uma das suas importantes atuações em favor dela, chamaríamos a atenção pela importância de padre Bráulio na retomada da formação de novos presbíteros não só para a Arquidiocese de São Luís, mas para todo o Maranhão.

Estamos todos de luto – sua família de origem (irmãos/ãs, sobrinhos e demais parentes), o presbitério da Arquidiocese de São Luís, a Paróquia Santíssima Trindade. Consolemo-nos mutuamente.

Descanse em paz, padre Bráulio. Você foi um grande lutador. Que Deus o acolha em seu seio!

Dom José Belisário da Silva, arcebispo metropolitano de São Luís do Maranhão;

Dom Esmeraldo Barreto de Farias, bispo auxiliar da Arquidiocese.

Rádio Timbira lamenta morte do jovem Jornalista e Radialista Rony Moreira

 

51112622_2074568919303859_2744192460979699712_o
Jornalista e Radialista, Rony Moreira, da Rádio Timbira AM

A Rádio Timbira AM manifesta profundo pesar pelo falecimento do jornalista e radialista Rony Moreira, 37 anos, nesta quarta-feira (22), em São Luís.

Repórter e apresentador da Timbira, Rony Moreira é um jovem profissional, que se destacou pelo talento e amor com que se dedicava ao jornalismo, especialmente esportivo.

Neste momento doloroso, a direção da rádio, bem como todo o conjunto de servidores da emissora, manifesta absoluta solidariedade à família, amigos e ouvintes. Que Deus o receba em sua glória eterna.

São Luís, 22 de abril de 2020.
Rádio Timbira AM

Jornalismo maranhense de Lulo morreu nesta segunda-feira Alteré Bernardino

 

ALTERE-BERNARDINO-1
Jornalista Alteré Bernardino/Foto: Reprodução

O jornalista Alteré Bernardino faleceu na noite desta segunda-feira (2). Profissional experiente com passagem por vários jornais da capital nos últimos anos vinha atuando na equipe de Comunicação Social da Câmara Municipal de São Luís.

O deputado federal Marcio Jerry (PCdoB), que também é jornalista, lamentou nas redes sociais a morte de Alteré que conheceu, segundo ele, quando ingressou na carreira.

“Jornalismo maranhense em luto. Faleceu hoje o jornalista Alteré Bernadino, a quem conheci na minha primeira experiência como jornalista profissional. Pêsames, abraço solidário aos amigos e familiares”, destacou Márcio Jerrry.

O corpo de Alterá está sendo realizado na sua residencia, rua da Saúde, Centro Histórico. Ele será sepultado às 16h, no Cemitério do Gavião.

Confirmado a morte de Gugu Liberato

 

360332,475,80,0,0,475,365,0,0,0,0

A informação da morte do apresentador foi feita oficialmente pela família após avaliação de um médico de confiança da família.

NOTA DE FALECIMENTO DE GUGU

Este é um momento que jamais imaginamos viver. Com profunda tristeza, familiares comunicam o falecimento do pai, irmão, filho, amigo, empresário, jornalista e apresentador Antônio Augusto Moraes Liberato (Gugu Liberato), aos 60 anos, em Orlando, Florida, Estados Unidos.

Nosso Gugu sempre viveu de maneira simples e alegre, cercado por seus familiares e extremamente dedicado aos filhos. E assim foi até o final da vida, ocorrida após um acidente caseiro.

Ele sofreu uma queda acidental de uma altura de cerca de quatro metros quando fazia um reparo no ar condicionado instalado no sótão. Foi prontamente socorrido pela equipe de resgate e admitido no Orlando Health Medical Center, onde permaneceu na Unidade de Terapia Intensiva, acompanhado pela equipe médica local.

Na admissão deu entrada em escala de *Glasgow de 3 e os exames iniciais constataram sangramento intracraniano. Em virtude da gravidade neurológica, não foi indicado qualquer procedimento cirúrgico. Durante o período de observação foi constatada a ausência de atividade cerebral. A morte encefálica foi confirmada pelo Prof. Dr. Guilherme Lepski, neurocirurgião brasileiro chamado pela família, que após ver as imagens dos exames em detalhes, confirmou a irreversibilidade do quadro clínico diante de sua mãe Maria do Céu, dos irmãos Amandio Augusto e Aparecida Liberato, e da mãe de seus filhos, Rose Miriam Di Matteo.

Guga deixa três filhos, João Augusto de 18 anos e as gêmeas Marina e Sophia de 15 anos. Atendendo a uma vontade dele, a família autorizou a doação de todos os órgãos.