Equatorial e Eletronorte esclarece apagão nesta sexta-feira, dia 8, em São Luís

O apagão ocorrido em São Luís, capital do Maranhão, iniciado por volta das 8h 26min desta sexta-feira, dia 8, foi causado durante um trabalho de rotina na rede transmissão de energia no sistema elétrico do estado. O fornecimento de energia voltou por volta das 11h 40min.

Posicionamento da empresa Transmissão Maranhão I

“A empresa Transmissão Maranhão I informa que, durante manobra na execução da obra de construção de um empreendimento de transmissão de energia para servir e reforçar o sistema elétrico do estado de Maranhão, numa travessia de cabos, houve desprendimento de um deles, tocando outras quatro linhas deste cruzamento. Como resultado, o dispositivo de proteção atuou conforme projetado, desligando as linhas e afetando temporariamente o fornecimento de energia à cidade de São Luís. A Companhia e a Eletronorte trabalham com equipes reforçadas para restabelecer o fornecimento regular de energia nas próximas horas.”

Posicionamento da empresa Eletronorte

“A Eletronorte informa que por volta das 08h25, ocorreu o desligamento total das subestações São Luís I e São Luís III, causado pela queda do cabo isolante durante os serviços realizados pela Transmissão Maranhão I para possibilitar a travessia da nova linha de transmissão de 500 kV entre as subestações São Luís II para a São Luís IV, novo empreendimento da Transmissão Maranhão I. A equipe de linha da Eletronorte já está em campo isolando as linhas da Eletronorte e aguardando a retirada do cabo pela Transmissão Maranhão I para retornar com as linhas de transmissão de sua propriedade, o que deve acontecer ainda pela manhã.”

Assessoria de Imprensa da Equatorial MA

São Luís reelege 16 vereadores, sendo Osmar Filho o mais votado

Na Câmara Municipal de São Luís, das 31 cadeiras 14 continuarão ocupadas por vereadores reeleitos. O vereador e atual presidente do Parlamento Municipal, Osmar Filho (PDT), foi o mais votado com 7.447 votos.

Osmar Filho (PDT) – 7.447

Marquinhos (DEM) – 7346

Raimundo Penha (PDT) – 6.999

Rosana da Saúde (Republicanos) – 6.984

Nato Júnior (PDT) – 6.665

Paulo Victor (PCdoB) – 6.035

Astro de Ogum (PCdoB) – 6.016

Beto Castro (Avante) – 5.885

Edson Gaguinho (DEM) – 5.690

Fátima Araújo (PCdoB) – 5.446

Concita Pinto (PCdoB) – 5.319

Chico Carvalho (PSL) – 5.221

Octávio Soeiro (Pode) – 5.119

Thyago Fretas (DC) – 5.082

Aldir Júnior (PL) – 4.855

Umbelino Júnior (PRTB) – 4.755

Marcial Lima (Pode) – 4.548

Antonio Garcez (PTC) – 4.143

Domingos Paz (Pode) – 3.930

Andrey Monteiro (Republicanos) – 3.906

Dr. Gutemberg (PSC) – 3.480

Chaguinha (Pode) – 3.450

Ribeiro Neto (PMN) – 3.310

Silvana Noely (PTB) – 2.913

Daniel Oliveira (PL) – 2.890

Álvaro Pires (PMN) – 2.827

Marcos Castro (PMN) – 2.607

Karla Sarney (PSD) – 2.594

Batista Matos (Patriota) – 2.506

Coletivo Nós (PT) – 2.110

Marlon Botão (PSB) – 2.013

Covid-19: governo poderá endurecer medidas de prevenção na Grande São Luís

 

comercio
Governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB)

O governador Flávio Dino voltará informar nesta quarta-feira (14), sobre os números, medidas e resultados da batalha contra o novo coronavírus no Maranhão, principalmente na capital e nos municípios inseridos na Grande Ilha, que juntos representam mais de 90% dos caos confirmados em todo o estado até agora.

Flávio Dino deverá anunciar a adoção de medidas mais duras nessa região para tentar conter o avanço da contaminação. Segundo o último boletim da Secretária de Saúde, o número de contaminados nos quatro municípios inseridos na Grande Ilha (São Luís, São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa) chegaram a 594 , só em São Luís são 533. Em todo o Maranhão os casos confirmados chegaram 630; o número de óbitos é 34.

O crescimento e velocidade do número de contaminadas nessa área transformou-se numa grande preocupação e desafio no enfrentamento da doença no estado. Esta semana São Luís foi incluída pelo Ministério da Saúde entre as capitais em situação de emergência por propagação do coronavírus.

Para ter uma ideia da gravidade da situação em apenas 15 dias o número de mortes subiu de 1 para 34; o de contaminados confirmados nesse período subiu de 22 para 630. Se esse ritmo de contaminação continuar, até o inicio de maio, poderemos viver no Maranhão, principalmente na capital uma situação de caos nas unidades de saúde.

Prefeito fica indignado com motorista que desceu de carro escadaria do Centro Histórico

 

centro

O prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Junior (PDT), no inicio da noite deste domingo (9), demonstrou indignação e disse que tomará providencias contra um cidadão que desceu de carro o (Beco Catarina Mina), uma das principais escadarias do Centro Histórico de São Luís.

O prefeito classificou o ato de irresponsável e desrespeitoso com a cidade de São Luís. Disse que tomou conhecimento do vídeo através das redes sociais e que determinou a identificação e providencias cabíveis.

“Ato irresponsável deste cidadão que desceu escadaria do Centro Histórico de carro, como mostrado neste vídeo. Falta de respeito com o patrimônio público e de amor à cidade. Já estamos tentando identificar a pessoa e adotar as providências cabíveis”, disse Edivaldo Holanda Junior.

Eleições: em São Luís MDB aposta todas as fichas em Roseana Sarney

 

roseana e roberto
Foto: Reprodução

Após comandar os destinos políticos no Maranhão durante dezenas de anos, o MDB desde que foi derrotado em 2014 no estado, vem tentando a duras penas recuperar o espaço perdido e aposta tudo em Roseana Sarney, único nome do partido ainda com força para uma disputa num grande colégio eleitoral no estado, segundo os próprios militantes do MDB.

Foi com essa convicção que deputado Roberto Costa usou a tribuna da Assembleia Legislativa nesta segunda-feira (25), para dizer que a ex-governadora tem o perfil ideal para São Luís na atual conjuntura politica. Agora é esperar como vai reagir a população na capital com o nome de Roseana na lista de pré-candidatos.

“O partido tomou uma posição em relação a São Luís, onde teremos candidatura própria a prefeito. A decisão é que para a cidade de São Luís apresentaremos o nome de Roseana. Essa posição é em respeito ao legado da ex-governadora para cidade de São Luís”, disse Roberto Costa.

O deputado disse ainda que o MDB fechou questão e que durante o encontro estadual do partido no próximo dia 2 dezembro, o nome da ex-governadora será apresentado como unica opção do partido no Maranhão. O evento contará com a presença do presidente nacional do MDB, Baleia Rossi.

São Luís é a capital brasileira que mais reduz homicídios

 

pm são luis

O Fórum Brasileiro de Segurança Pública divulgou na última terça-feira (10), que São Luís é a capital brasileira que mais reduziu homicídios. O levantamento foi realizado com base no Anuário Brasileiro da Segurança Pública que acompanha os números da violências no país inteiro.

Entre 2017 e 2018, a capital maranhense reduziu em 36,6% a taxa de homicídios. Nenhuma outra capital em todo o Brasil conseguiu melhor resultado neste período.

A queda ludovicense é bem maior que a média de redução de todas as capitais, de 15,7%.

As capitais que mais chegam perto da redução verificada em São Luís são Florianópolis (30%), Rio Branco (29,6%), Fortaleza (25,4%), Belo Horizonte (23,9%) e Recife (23,1%).

Atlas da Violência

Há pouco mais de um mês, o Atlas da Violência 2019, do Ipea, havia mostrado que São Luís foi a capital brasileira que mais reduziu homicídios entre 2014 e 2017.

Em 2014, a taxa de homicídios era de 82,9 a cada 100 mil habitantes. A partir de 2015, com a nova política de Segurança Pública no Maranhão, a taxa começou a cair ano a ano.

Em 2017, caiu para 46,9 homicídios a cada 100 mil habitantes. Isso significa uma redução de 43,42% em apenas três anos.

Ou seja, os dois estudos mostram que São Luís foi a capital que mais reduziu os homicídios entre 2014 e 2018.

No Maranhão o exitoso Programa Travessia completa três anos

 

travessia 1
Solenidade no Palácio dos Leões no lançamento do Programa Travessia, em 18 de fevereiro de 2016/Foto: Carlos Geromy

Lançado em 2016 pelo governador Flávio Dino, o Programa Travessia, completará nesta segunda-feira (18), três anos e os números provam seu sucesso. São mais de 37 mil pessoas com deficiência atendidas pelo projeto que oferece condições de mobilidade com segurança e conforto a esse público.

O projeto possibilita que pessoas com mobilidade reduzida, cadeirantes, deficientes visuais, idosos, crianças com hidro e microcefalia têm a oportunidade de se deslocar a trabalho, estudo, tratamento de saúde e até lazer. O governo preparou uma vasta programação para celebrar os três anos do Programa Travessia.

travessia 4
Veículos são totalmente adaptados e com capacidade para transportar até sete pessoas.Foto: Karlos Geromy

“Nós lutamos sempre pela máxima igualdade possível, para que as pessoas tenham direitos, tenham acesso a serviços públicos, acesso a oportunidades. Mais que um importante serviço a este público, o Travessia mostra respeito a cada uma das pessoas atendidas. É uma iniciativa que muito nos orgulha, por garantir direitos fundamentais, autonomia e dignidade às pessoas”, pontuou o governador Flávio Dino.

travessia 2
Veículos são totalmente adaptados e com capacidade para transportar até sete pessoas.Foto: Karlos Geromy

São mais de duas mil pessoas com deficiência cadastradas no projeto, que desde sua criação, já realizou mais de 68,1 mil viagens. O serviço está presente em 20 municípios, sendo nove bases regionais e conta com estrutura de vans e minivans, uma destas, especial para atender crianças com microcefalia.