25 funcionários do INEP pedem demissão; ENEM será realizado dias 21 e 28

Do G1

Com as provas Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) marcadas para acontecerem nos dias 21 e 28 novembro, 25 funcionários do INEP(Instituto Nacional de Estudos e pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), órgão responsável pelo concurso, pediram demissão nesta segunda-feira, dia 8.

Abaixo a lista:

Natalia Fernandes Camargo, coordenadora-geral substituta;

Nathalia Bueno Póvoa, coordenadora-geral-substituta;

Vanderlei dos Reis Silva, coordenador;

 Gizane Pereira da Silva, coordenadora-substituta;

Hélida Maria Alves Campos Feitosa, servidora pública federal;

Samuel Silva Souza, servidor público federal;

Camilla Leite Carnevale Freire, servidora pública federal;

Douglas Estevão Morais de Souza, coordenador-substituto;

Patricia da Silva Onório Pereira, coordenadora;

Denys Cristiano de Oliveira Machado, coordenador;

Alani Coelho de Souza Miguel, coordenadora-substituta;

Leonardo Ferreira da Silva, coordenador-substituto;

Francisco Edilson de Carvalho Silva, coordenador-geral;

Silvana Maria Lacerda Gonçalves, servidora pública federal;

Andréia Santos Gonçalves, coordenadora-geral;

Victor Rezende Teles, substituto;

Helciclever Barros da Silva Sales, coordenador;

Helio Pereira Feitosa, coordenador;

Saulo Teixeira dos Santos, servidor público federal;

Edivan Moreira Aredes, coordenador-substituto;

Rita Laís Carvalho Sena Santos, coordenadora;

Danusa Fernandes Rufino Gomes, coordenadora-substituta;

Claudia Maria Ribeiro Gonçalves Barbosa Marques, servidora pública federal;

Rosária Duarte Melo, servidor público federal.

Aulão Show ao vivo marcará lançamento do Pré-vestibular Gonçalves Dias

A plataforma digital do Pré-vestibular Gonçalves Dias – Aprova Brasil, lançado pelo Governo do Maranhão estará no ar a partir deste sábado (10), às 16h, no canal YouTube da Seduc, com um aulão show.

Na live inaugural participarão Saulo Formiga (Geografia), Thyago Araújo (Matemática) e Thayná Rosa (Sociologia), que darão dicas para os estudantes sobre os componentes curriculares exigidos no Enem. 

Serão 17 semanas de atividades, com 45 videoaulas, disponibilizadas por semana, além de material apostilado para download e mais de 3.500 questões comentadas para o aprofundamento do conteúdo estudado.

Participarão professores maranhenses de âmbito nacional, com experiência no formato de preparação para pré-vestibular. Os estudantes terão poderão interagir com os ministrantes das aulas e tirarem dúvidas sobre os conteúdos disponibilizados.

“..estrela não é do PT nem o vermelho do comunismo..”, Dino sobre ‘marca’ do Pré-Vestibular

O governado, Flávio Dino (PCdoB), prevendo possível exploração e distorções política ao divulgar nesta quinta-feira (1º), o ‘Pré-Vestibular Gonçalves Dias’, esclareceu que a ‘cor vermelha’ e a ‘estrela’ presentes na ‘marca’, não tem relação com o PT e o comunismo.

“a marca baseia-se na bandeira do Maranhão, instituída no século 19. Portanto, a estrela não é do PT e o vermelho não é do comunismo”, avisou Flávio Dino.

O Pré- Vestibular Gonçalves Dias será lançado nesta sexta (2), às 15h. Estudantes de todo país terão acesso ao conteúdo.

Flávio Dino lançará ‘Pré-Vestibular Gonçalves Dias’ para estudantes de todo país

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), anunciou nas redes sociais que lançará na próxima sexta-feira (2), o Pré-Vestibular Gonçalves Dias, que contemplará todos candidatos ao ENEM 2020.

“..o nosso Pré-vestibular preparatório ao ENEM, que poderá ser acessado por qualquer interessado no Brasil, via internet..”, destacou Dino

O Pré-Vestibular homenagear o poeta maranhense Gonçalves Dias. As aulas são ministradas por professores da rede estadual do Maranhão e convidados de outras redes sociais.

Intensificada preparação para o ENEM na rede estadual do Maranhão

 

36981938_247747022485442_8002999909110251520_o

Com datas novas definidas e divulgadas para realização do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), no Maranhão, a preparação dos estudantes da rede estadual foi intensificada.

As provas da edição do Enem 2020, aconteceram em janeiro, fevereiro e março 2021, por cauda da pandemia do coronavírus:

Provas impressas: 17 e 24 de janeiro, para 5,7 milhões inscritos
Prova digital: 31 de janeiro e 7 de fevereiro, para 96 mil inscritos
Reaplicação da prova: 24 e 25 de fevereiro (para pessoas afetadas por eventuais problemas de estrutura)
Resultados: a partir de 29 de março

No Maranhão onde há uma estratégia de preparação dos estudantes realizada pela Secretaria de Estado da Educação, com a definição das datas de realização das provas as atividades foram intensificadas.

O próprio governador Flávio Dino hoje nas redes sociais anunciou a distribuição do material de estudo que serão utilizados pelos alunos que participam do programa Terceirão não tira férias, ‘caminhões já circulam com material para nossos estudantes.., que participarão do Enem’, disse Flávio Dino no twitter.

O ‘#Partiu Enem: Terceirão não tira férias!’ vai garantir aulões preparatórios e uma série de atividades lúdicas e gratuitas para estudantes de escolas públicas da rede estadual de ensino de todo o Maranhão. Além disso, para aliviar a pressão dos estudos, mas, sem perder o foco, a coordenação do projeto preparou uma programação cultural que inclui música, dança, esporte, recreação entre uma aula e outra.

Só o senador Flávio Bolsonaro votou contra o adiamento do Enem

 

Senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), único a votar contra o projeto que adia o Enem 2020/Foto: Reprodução

A aprovação no Senado do projeto que adia a realização do Enem 2020, foi muito bem recebida pela população, educadores e principalmente os estudantes mais pobres. Até a liderança do governo orientou voto favorável ao adiamento.

O placar no Plenário do Senador foi de 75 votos a favor e apenas 1 contra. O único voto contrário foi do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), filho do presidente.

Nas redes sociais o senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), ao comentar a aprovação do projeto, declarou que o resultado mostra que o Congresso está ao lado dos brasileiros.

“O Senado aprovou o adiamento do Enem deste ano em nome de todos os estudantes brasileiros, principalmente da rede pública, que tiveram suas aulas e estudos interrompidos pela pandemia. O Congresso está ao lado dos brasileiros que são mais atingidos por este triste vírus”,disse o Senador.

Contrário ao adiamento do Enem em meio a pandemia do coronavírus, o ministro Weintraub (Educação), já admite o adiamento.

“Vitória da Educação”, assim foi definida aprovação do projeto que adia provas do Enem

 

Foto: Reprodução

Por 71 a 1, o Senado Federal aprovou nesta terça-feira (19), o projeto que adia a realização do ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) de 2020, em virtude da pandemia do novo coronavírus.

O texto do relator, senador Izalci Lucas (PSDB-DF), autoriza a realização das etapas preparatórias do Enem. Mas, não definiu data para realização do Enem, considerando que as inscrições deverá observar a regularização das aulas. Com isso, o exame ficará prorrogado até que as atividades do ano letivo de 2020 no ensino médio sejam concluídas.

Várias autoridades utilizaram as redes sociais para comemorarem o resultado da votação no Senado. O secretário de Educação do Maranhão, Felipe Camarão, celebrou a aprovação do projeto ao mesmo tempo que lamentou fatos negativos ocorridos ao longo do dia no país.

A senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA), ressaltou a importância do adiamento do Enem, que segundo ela, é um instrumento de combate à desigualdade no Brasil.

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), descreveu a vitória na aprovação do projeto de adiamento do Enem, como demonstração que o Congresso está ao lado dos brasileiros mais impactados com a covid-19.

Leia a íntegra do relatório aprovado

Deputados pedem a ‘cabeça’ do controverso ministro Weintraub no STF

 

marcio 2

Deputados federais de vários partidos pediram nesta quarta-feira (5), o impeachment do ministro da Educação, Abraham Weintraub, no STF (Supremo Tribunal Federal). No grupo estava o deputado, Márcio Jerry, vice-líder do PCdoB na Câmara, que já havia cobrado oficialmente esclarecimentos do ministro sobre o ‘caos’ no ENEM 2019.

marcio stf
Deputado Federal, Márcio Jerry (PCdoB-MA)/Foto: Reprodução

‘Já estamos no STF para protocolar pedido de afastamento do Ministro da Educação, Abraham Weintraub . Ação do parlamento em defesa da educação brasileira’ disse Márcio Jerry no twitter.

De acordo com O Antagonista o deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), Presidente da Câmara Federal, teria sido informado com antecedência da medida adotada pelos colegas de parlamento e apoiado a iniciativa.

Quando dos problemas apresentados pelo ENEM coordenado por Weintraub, o presidente da Câmara se manifestado favorável à saída da pasta do ministro da Educação de Jair Bolsonaro.

‘Com um Ministro da Educação desses, nosso país não tem futuro’, lamentou Rodrigo Maia.

Mas, há os que defendem Weintraub, como presidente Jair Bolsonaro, e inclusive aqueles que o consideram perfeito para o cargo, como o deputado Eduardo Bolsonaro, filho do presidente.

‘Weintraub é o melhor ministro da Educação de todos os tempos’, defendeu Eduardo Bolsonaro

Assembleia Legislativa comemora Bonificação no ENEM para o MA

 

Deputados estaduais do Maranhão reconheceram durante sessão de ontem, segunda-feira (11), da Assembleia Legislativa do Maranhão, a grande importância da Bonificação de 20% nas notas do ENEM, para estudantes do Maranhão.

Em apartes ao pronunciamento do deputado e professor Marco Aurélio (PCdoB), que liderou o movimento que resultou no beneficio aos estudantes, os parlamentares de várias regiões do estado se comprometeram em defender mais ativamente as próximas etapas da medida.