Porto do Itaqui continua avançando e cresce 7% no 1º semestre

 

O Porto do Itaqui segue crescendo, apesar da crise mundial provocada pela pandemia de Covid-19, e fecha o primeiro semestre do ano com 11,7 milhões de toneladas de cargas movimentadas, o que é 7% superior ao mesmo período de 2019.

Entre os destaques estão a soja, que teve alta de 21% no acumulado do ano, com 5,7 milhões de toneladas; e o fertilizante, carga que atingiu a marca de 1,1 milhão de toneladas e cresceu 51%.

“Esses resultados são fruto do trabalho de um conjunto de cadeias logísticas integradas ao Porto do Itaqui, que se mantiveram ativas para abastecer os mercados externo e interno. Enfrentamos os desafios desse momento com atenção à saúde e segurança dos trabalhadores e foco em produtividade para manter as atividades do Porto do Itaqui, que são essenciais para o desenvolvimento do Maranhão e de toda a região sob sua influência”, avalia o presidente do Porto do Itaqui, Ted Lago.

Não há suspeita de coronavírus em embarcação no Porto do Itaqui

 

EMAP

A Empresa Maranhense de Administração Portuária (EMAP), negou através de nota que há embarcação com um caso de suspeita de contaminação por coronavírus no Porto do Itaqui. Portando não havendo motivos para pânicos da população.

Ainda, segundo a EMAP, no Porto tem um Plano de Contigência para Assuntos de Interesse Internacional em Saúde Pública e segue as orientações da Organização Mundial de Saúde e do Ministério da Saúde cabíveis aos pontos de entrada (portos e aeroportos).

NOTA

A Empresa Maranhense de Administração Portuária (EMAP) informa que, nesta quinta-feira (6), um tripulante do navio Condor Arrow, procedente dos Estados Unidos, precisou de cuidados médicos por apresentar dor de cabeça e formigamento no braço. O Plano de Emergência foi acionado e imediatamente o tripulante foi levado de ambulância para o Hospital UDI, onde foi constatado um infarto. 

O navio atracou no Porto do Itaqui na segunda-feira (3) após obter a Certidão de Livre Prática da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que atesta não haver a bordo doenças de risco epidemiológico.  

A operação do navio segue normalmente e as equipes de Saúde e Segurança da EMAP e da Anvisa estão em alerta para combater a entrada do coronavírus. 

A EMAP informa, ainda, que não há suspeitas de coronavírus no Porto do Itaqui, nem, tampouco, qualquer navio isolado em nossa área primária.  

O Porto do Itaqui conta com um Plano de Contigência para Assuntos de Interesse Internacional em Saúde Pública e segue as orientações da Organização Mundial de Saúde e do Ministério da Saúde cabíveis aos pontos de entrada (portos e aeroportos).  

Caso esse Plano de Contigência seja acionado, o navio não recebe a autorização da Anvisa para atracar e a inspeção da embarcação é feita ainda na área de fundeio. No dia 30 de janeiro, técnicos da Anvisa estiveram no Porto do Itaqui para uma reunião técnica e de alinhamento de ações de controle que estão sendo adotadas em todo o país.

Porto do Itaqui receberá obras de recuperação e pavimentação no valor de R$ 59 milhões

 

faff9a83-3722-440d-9f53-bb4676d1f87b
Governador Flávio Dino destacou o dinamismo da EMAP/Foto: Gilson Teixeira

Durante reunião no Salão de Atos do Palácio dos Leões, em São Luís, nesta terça-feira (28),, foram assinadas ordens de serviços de duas obras de infraestrutura para o Porto do Itaqui que juntas somam R$ 59,1 milhões em recursos próprios da Empresa Maranhense de Administração Portuária (EMAP).

O governador Flávio Dino presidio a reunião onde participaram o presidente do Itaqui, Ted Lago, e representantes das empresas, Antônio de Pádua Castro Rodrigues Júnior (Edro Engenharia) e Fernando Antônio Leitão Cavalcante (Edeconsil Construções e Locações).

“É importante destacar o dinamismo da EMAP, que neste momento difícil da conjuntura do país vem realizando obras de melhorias da infraestrutura de sua área de atuação, incluindo o Porto do Itaqui, e também gerando centenas de empregos”, afirmou o governador Flávio Dino.

A obra de recuperação estrutural dos Berços 103 e 106 e recuperação catódica dos Berços 101 e 102, no valor de R$ 32,2 milhões, será realizada pela Edro Engenharia. Já a pavimentação asfáltica (CBUQ, de concreto estrutural com fibras metálicas e intertravado), abrangendo áreas no Porto do Itaqui, terminais externos e cais de São José de Ribamar, ao custo de R$ 26,8 milhões, será feita pela Edeconsil Construções e Locações.

Para Rafael Leitoa oposição quer tirar do estado administração do Porto e prejudicar o Maranhão

 

rafael leitoa
Deputado Rafael Leitoa (PDT)//Foto: Reprodução

Coube ao líder do governo na Assembleia Legislativa, Rafael Leitoa (PDT), nesta terça-feira (9), esclarecer as reais intenções dos deputados de oposição. De acordo Leitoa, por trás do discurso de apurar irregularidades no Porto do Itaqui, está o desejo de tirar do estado a administração do Porto.

Para o deputado estadual Rafael Leitoa a oposição no Maranhão com objetivo de causar  embaraços e desgaste político a Flávio Dino através dos deputados César Pires (estadual) e Edilázio Júnior (federal), que tentam criar uma crise no Porto do Itaqui, mesmo eles sabendo que poderiam causar um prejuízo maior ao Maranhão.

Márcio Jerry diz positiva visita ao Porto do Itaqui, e Aluízio Mendes se impressiona com números

 

marcio no itaqui
Márcio Jerry (PCdoB), deputado federal, durante visita ao Porto do Itaqui realizada pela Comissão de Fiscalização e Controle da Câmara Federal/Foto: Reprodução

Dos 42 membros da Comissão de Fiscalização e Controle da Câmara Federal, apenas três participaram da visita ontem, quinta-feira (4), ao Porto do Itaqui. Os parlamentares presentes foram Aluízio Mendes (PODE), Márcio Jerry (PCdoB) e Edilázio Júnior (PSD).

Após visita às instalações foi realizada uma mesa redonda, onde foram respondidos questionamentos dos parlamentares por Ted Lago, gestor da EMAP. Para ele, a visita foi importante para o Brasil conhecer melhor o trabalho que está sendo realizado no Porto.

“Essa é uma boa oportunidade que o Brasil conheça de perto, por meio de seus representantes na Câmara Federal, o modelo de gestão portuário que implementamos aqui. Trabalho sério com reconhecimento no mercado”, disse Ted Lago.

Para o deputado Márcio Jerry, a agenda foi bastante positiva e não houve surpresas, como alguns esperavam ou queriam.

“Conhecemos o trabalho da EMAP à frente do Porto, importante hoje não só para o Maranhão, mas todo centro norte do Brasil. Com modelo de gestão vencedor, a prova são os sucessivos recordes alcançados desde 2015”, comemorou Márcio Jerry.

A visita ao Porto coincidiu com apresentação do resultado do 1º Semestre do Porto, que apresenta a continuidade do crescimento da movimentação de cargas, com quase 111 milhões de toneladas o que representa um crescimento 18%, em relação aos seis primeiros meses de 2018.

O deputado Aluízio Mendes, disse que saiu da visita impressionado com os resultados do Porto.

“Saiu muito impressionado com os números apresentados e com a gestão do Porto do Itaqui”, declarou Aluízio, ao final da reunião.

Sobre a ‘Operação Draga’ realizada em 2017, para apurar denúncias de irregularidades no Porto, o presidente da EMAP informou que após dois anos e meio a Polícia Federal nada concluiu, tendo enviado o inquérito à Polícia Civil.

Ainda sobre eventuais repasses do Porto para o governo do Estado, Ted Lago disse que houve pagamentos de juros sobre capital próprio ao único acionista da empresa (o Governo do Maranhão), com manda Lei Federal Nº 6.404.

Gov. Flávio Dino se reúne com o vice-presidente Hamilton Mourão

 

dino
Flávio Dino (Governador do Maranhão) e o vice-presidente Gen. Hamilton Mourão/Foto: Reprodução

O Governo do Maranhão Flávio Dino se reuniu nesta quinta-feira (14), em Brasília, com  o Vice Presidente da República, General Hamilton Mourão.

O Governador defendeu uma agenda de desenvolvimento para o Nordeste e convidou o Vice Presidente para uma visita ao Porto do Itaqui, o porto que mais cresce no Brasil.