Exoneração de Gustavo Bebianno não apagou ‘incêndio’ no governo

 

bolsonaro-exonera-bebianno
Foto: Reprodução

A esperada exoneração de Gustavo Bebianno, ocorrida na noite desta segunda-feira (18), não encerrou a mais recente crise no governo Bolsonaro, que começou tendo como pano de fundo o ‘laranjal do PSL’, partido do presidente.

As reações de setores da imprensa e classe política, inclusive os ligados ao governo, é que o incêndio continua e com possibilidade de intensificar, mesmo com esforço dos ‘bombeiros’ no Palácio do Planalto e Congresso Nacional.

A expectativa é que as baixas no governo não pare com Bebianno, caso a questão do ‘laranjal do PSL’ avance. Nesse contexto, a situação do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, é considerada delicadíssima. O próprio Bebianno reclamou do tratamento que recebeu do presidente, comparado ao dado a Marcelo Álvaro.

O vídeo do presidente divulgado após o anúncio da saída oficial de Bebianno do governo, acabou causando mais questionamentos e desconfiança sobre os reais motivos da exoneração. Jair Bolsonaro pareceu mais interessado e preocupado em acalmar Bebianno e salvar seu governo. Resta saber de quê?..

Pelo menos dois requerimentos para comparecimento do ex-ministro da Secretaria Geral do Governo, Gustavo Bebianno, no Senado Federal, ambos com mesmo objetivo já foram encaminhados. Os autores são Randoffe Rodrigues e Jorge Kajurú.

Os senadores  querem que o ex-presidente do PSL e coordenador da campanha de Jair Bolsonaro, esclareça declarações consideradas graves dadas durante o acirramento da crise e que repercutiram na imprensa. Na Câmara Federal, esta semana a crise deverá ser um dos principais destaques.

Nas redes sociais parlamentares alertaram para a gravidade da crise. Entre eles representantes da bancada maranhense. “O ex-ministro Bebianno deve explicações ao Brasil sobre o laranjal do PSL e as fake news da campanha do Bolsonaro. Vamos cobrar isso na Câmara dos Deputados”, disse o Marcio Jerry (PCdoB).

“Em pronunciamento, o presidente Bolsonaro reconhece a seriedade do Ministro que ele acaba de exonerar. Deu pra entender? Se o cara é sério não deveria continuar no cargo? Por que não revelou o motivo da exoneração?”, destacou Bira do Pindaré (PSB), sobre os critérios para participar do governo Bolsonaro.

Rubens Pereira Jr explica em vídeo pontos do Projeto Anticrime

 

rubensjr-minO deputado federal Rubens Pereira Jr (PCdoB-MA) publicou hoje (18), no Youtube, a análise dos principais pontos do Projeto de Lei Anticrime, apresentado no início do mês pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro.

A expectativa do governo é enviar proposta ao Congresso Nacional ainda nesta semana, mesmo em meio à crise envolvendo o caso Bebianno, este é um dos projetos que representam algumas das principais promessas de campanha do governo Bolsonaro.

Bolsonaro ofereceu outro ‘cala boca’ a Bebiano; foi uma embaixada

 

BB amigos
Bebianno e Bolsonaro, quando ainda eram grandes aliados/Foto: Fátima Meira / Futura Press

Nesta segunda-feira (18), no Plenário do Senado Federal, o senador Randolfe Rodrigues anunciou que a exemplo do que já havia feito o senador Cajurú, está requerendo a presença de Gustavo Bebiano, para que ele explique o imbróglio envolvendo o presidente Bolsonaro e seu governo.

Segundo publicação de O Globo, numa última tentativa de minimizar a crise e manter Bebiano mais longe do Palácio do Planalto, o presidente Jair Bolsonaro ofereceu a Bebiano a embaixada de Roma, na Itália.

A proposta teria sido apresentada no final de semana a Gustavo Bebiano, por Onix Lorenzoni ministro-chefe da Casa Civil, após conversa com Bolsonaro no Palácio da Alvorada, que de pronto foi recusado por Bebiano.

Esta não foi a primeira proposta feita ao agora ex-ministro da Secretaria Geral de Governo, após a crise que se instalou no governo Bolsonaro, iniciada por Carlos Bolsonaro e Bebiano, que o presidente acabou tomando partido do filho.

Bolsonaro já tinha oferecido a Bebiano uma diretoria na Hidrelétrica de Itaipu, que também foi recusado por Bebiano. Segundo ele, não aceitou a proposta não apoiou Bolsonaro “para ganhar dinheiro” e “nem precisa de emprego”.

Governo do Maranhão condecora Bombeiros que atuaram em Brumadinho

 

heroi bombeiro

O Governo do Maranhão condecorou nesta segunda-feira (18), no Palácio Henrique de Lá Roque, no Calhau, os Bombeiros do Maranhão que atuaram em Minas Gerais, logo após acontecer a tragédia em Brumadinho.

O trabalho da equipe maranhense obteve destaque nacional na TV, que foi realizado no período mais crítico das buscas aos sobreviventes e mortos.

O governador Flávio Dino anunciou no twitter o reconhecimento por bravura dos Bombeiros que também representaram o Maranhão nas buscas.

bombeiros

Eles também serão homenageados na Câmara Municipal de São Luís, por indiciativa do vereador Cesar Bombeiro. Na Assembleia Legislativa do Estado, o trabalho dos Bombeiros também serão reconhecidos pela missão em Brumadinho. A solicitação foi do deputado Neto Evangelista.

Herois
Bombeiros Maranhenses em ação na tragédia de Brumadinho/Foto: Reprodução

MAC reclamará de arbitragem na FMF e pedirá outro jogo com o ‘Peixe Pedra’

 

sao-jose-x-mac-770x410

O Maranhão Atlético Clube voltou se queixar e protestar contra prejuízos causados por ‘erros’ da arbitragem no Estadual. O MAC já havia sido prejudicado com um pênalti polêmico contra o São José, na terceira rodada do Campeonato Maranhense.

No último sábado (16), o ‘Bode’ enfrentou o Cavalo de Aço em Imperatriz, e mais uma vez foi penalizado com outro pênalti no mínimo duvidoso.

Os dois ‘erros’ custaram a perda de seis pontos ao ‘Bode’, que na próxima rodada enfrenta o Sampaio, que está com duas derrotas consecutivas para Moto, seu principal rival.

 

A diretoria do MAC está com vídeos dos pênaltis marcados nos jogos contra o São José e o Imperatriz. As imagens serão anexados à reclamação que será apresentada à Federação Maranhense.

Também será utilizado na reclamação do MAC, um áudio do presidente do São José, Paulo Campineiro, ao Program Domingo Esportivo da Rádio Educadora, onde ele declara durante entrevista que não havia laudo no jogo realizado em Rosário, no dia 3 de fevereiro contra o MAC. Por essa razão, a diretoria do Maranhão pedirá a realização de uma nova partida.

UDN vê como ‘via natural’ ida de família Bolsonaro para sigla

 

udn
Família Bolsonaro: Carlos, Flávio, Jair e Eduardo Bolsonaro Foto: Reprodução/ Flickr

BRASÍLIA — Em fase adiantada de criação, o partido União Democrática Nacional , que pretende ser uma reedição da antiga UDN , quer estabelecer canais sólidos com a famíliaBolsonaro para turbinar a estreia da sigla.

O representante da futura legenda em Brasília, Marcos Vicenzo, responsável por atrair parlamentares interessados em ingressar na sigla, afirmou ao GLOBO que há um convite “de forma geral” a deputados e senadores eleitos, apontando como uma “via natural” a migração de políticos bolsonaristas para a legenda. Essa aproximação foi noticiada neste domingo pelo jornal “O Estado de S. Paulo”.

— Por parte do partido, existe uma grande intenção de que eles venham. Seria maravilhoso. As portas estão abertas para a família Bolsonaro e para os parlamentares. Minha visão é que, pela linha ideológica, por ser a UDN um partido de direita, com história de combate ao comunismo, e com todo esse problema no partido deles, acredito que (a migração) seja uma via natural que se comece a desenhar— disse.

Vicenzo nega, porém, que haja conversas concretas com interlocutores do PSL sobre migração para a futura sigla. Ele disse que ainda não tratou do tema com o deputado Eduardo Bolsonaro (SP), uma das principais lideranças do partido, mas espera que as tratativas sejam iniciadas como desdobramento de convites que vem fazendo a diversos grupos.

Segundo Marcus Alves de Souza, futuro presidente da UDN que delegou a Vicenzo a tarefa de falar sobre tratativas com o PSL, a sigla já tem quase 400 mil assinaturas, sendo necessárias mais cerca de 87 mil. Souza já foi presidente estadual do PRP no Espírito Santo e acabou demitido da subsecretaria da Casa Civil do governo Paulo Hartung após ser acusado de reter parte do salário de um comissionado da Assembleia Legislativa e de ameaçá-lo. Ele diz que nada foi provado e que o caso acabou arquivado por falta de provas.

No Maranhão o exitoso Programa Travessia completa três anos

 

travessia 1
Solenidade no Palácio dos Leões no lançamento do Programa Travessia, em 18 de fevereiro de 2016/Foto: Carlos Geromy

Lançado em 2016 pelo governador Flávio Dino, o Programa Travessia, completará nesta segunda-feira (18), três anos e os números provam seu sucesso. São mais de 37 mil pessoas com deficiência atendidas pelo projeto que oferece condições de mobilidade com segurança e conforto a esse público.

O projeto possibilita que pessoas com mobilidade reduzida, cadeirantes, deficientes visuais, idosos, crianças com hidro e microcefalia têm a oportunidade de se deslocar a trabalho, estudo, tratamento de saúde e até lazer. O governo preparou uma vasta programação para celebrar os três anos do Programa Travessia.

travessia 4
Veículos são totalmente adaptados e com capacidade para transportar até sete pessoas.Foto: Karlos Geromy

“Nós lutamos sempre pela máxima igualdade possível, para que as pessoas tenham direitos, tenham acesso a serviços públicos, acesso a oportunidades. Mais que um importante serviço a este público, o Travessia mostra respeito a cada uma das pessoas atendidas. É uma iniciativa que muito nos orgulha, por garantir direitos fundamentais, autonomia e dignidade às pessoas”, pontuou o governador Flávio Dino.

travessia 2
Veículos são totalmente adaptados e com capacidade para transportar até sete pessoas.Foto: Karlos Geromy

São mais de duas mil pessoas com deficiência cadastradas no projeto, que desde sua criação, já realizou mais de 68,1 mil viagens. O serviço está presente em 20 municípios, sendo nove bases regionais e conta com estrutura de vans e minivans, uma destas, especial para atender crianças com microcefalia.