Concurso da AL-MA: Othelino cancela contrato com a CEPERJ

O deputado Othelino Neto (PCdoB), presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, anunciou nesta sexta-feira, dia 22, o cancelamento do contrato com a Fundação CEPERJ, que realizou a 1ª etapa do concurso do Poder Legislativo Estadual, cancelada após graves denuncias de fraude.

“Mediante nossa decisão de anular a primeira etapa do concurso da Assembleia Legislativa e, com base em recomendação do MP/MA, a Mesa Diretora da Assembleia Legislativa decidiu rescindir o contrato com a Fundação CEPERJ (..) Ato contínuo, determinei a contratação de nova banca organizadora, garantindo a manutenção de todas as inscrições deferidas no concurso (..) Reafirmamos nosso compromisso com a transparência e isonomia na condução do concurso da Assembleia Legislativa, a fim de selecionar os candidatos mais capacitados para integrar o quadro de pessoal deste Poder”, anunciou Othelino Neto.

Anulada 1ª etapa do Concurso da Assembleia Legislativa do Maranhão

O deputado Othelino Neto (PCdoB), presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, anunciou no final da tarde desta segunda-feira, dia 20, a anulação da ‘prova objetiva’ do Concurso do Legislativo Estadual. O motivo é o número de denuncias e falhas na execução da etapa do certame.

O ato de anulação foi oficializado por meio da Resolução Administrativa 469/22, de autoria da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, publicada no Diário Oficial.

“Nosso compromisso é com a transparência e a absoluta lisura de todos e quaisquer atos de gestão do Poder Legislativo. A íntegra da resolução está no site da Assembleia”, destacou Othelino.

O ato legislativo considerou diversas reclamações de candidatos na Ouvidoria da Assembleia, no Ministério Público Estadual e na Defensoria Pública Estadual, apontando supostas falhas na execução da primeira etapa, na organização e fiscalização do concurso.

Todas as denúncias foram encaminhadas ao Ministério Público Estadual pela Presidência da Casa Legislativa, solicitando a imediata  investigação.

O caso das supostas fraudes no concurso tomou maior proporção, ainda na semana passada, quando o deputado estadual, Yglésio Moyses (PSB), usou a tribuna da Assembleia para apontar possíveis irregularidades no concurso, inclusive questionando algumas aprovações.

Na última sexta-feira, dia 20, o Ministerio Público do Maranhão encaminhou ofício ao deputado estadual Yglésio Moyses para ele prestar esclarecimentos sobre as denúncias de fraude no concurso da Assembleia Legislativa do Maranhão. 

Estudante de Bacabal é escolhida para o Jovem Senador em Brasília

 

JOVEM

A estudante maranhense Cibele Dias foi informada através do telefone pelo senador Weverton (PDT-MA) na noite de quarta-feira (9), que estava entre os escolhidos para participar do Jovem Senador. Além de parabenizá-la a convidou para visitar seu gabinete em Brasília.

“Tive o prazer de ligar ontem à noite para a estudante Cibele Dias, do Colégio Militar Tiradentes III (Bacabal), para dar uma ótima notícia: ela foi escolhida para participar do Jovem Senador”, senador Weverton.

Cibele Dias é aluna do Colégio Tiradentes III, em Bacabal. O program escolhe estudantes de escolas públicas em todo Brasil através de concurso de redação. As atividades serão realizadas de 25 a 30 de novembro.

TCE e MP determinam que concursados sejam convocados em Paço do Lumiar

 

Conselheiro-Edmar-Cutrim
Conselheiro do TCE Edmar Serra Cutrim/ Foto: Reprodução

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) concedeu liminar, nessa quarta-feira (22), em votação unânime dos seus membros, acolhendo a representação do Ministério Público de Contas (MPC) contra Paula da Pindoba.

Ontem o plenário do TCE acompanhou o voto do conselheiro-relator Edmar Cutrim, determinando que a prefeita em exercício, Paula da Pindoba, fique impedida de efetuar qualquer pagamento ou contratação de servidores para os mesmos cargos para os quais foram oferecidas vagas no concurso público do edital 01/2018.

Caso a prefeita não chame os concursados, o Município será condenado a pagar multa de R$ 50 mil reais e será aberta tomada de contas especial para levantar o valor do dano causado pelo Executivo ao erário com o pagamento a servidores contratados em detrimento dos concursados.

Empossados 94 novos Policias Civis no Maranhão

 

PC
Foto: Gilson Teixeira

Em cerimônia realizada nesta sexta-feira (22), no Palácio Henrique de La Rocque o Governo do Maranhão deu posse a 94 novos policiais civis. Aprovados em concurso público realizado no ano passado, os novos integrantes da Polícia Civil do Estado ocuparão as funções de delegados, investigadores, escrivães e peritos criminais.

Os policiais foram nomeados no início deste mês pelo governador Flávio Dino. De acordo com o secretário de Segurança Pública Jefferson Portela, melhoram as condições para esclarecimentos e prevenção de crimes em todo o estado.

Nomeados pessoas com deficiência aprovados no concurso da PM do MA

 

O governador Flávio Dino voltou conceder entrevista ao Site 247 em nível nacional, nesta sexta-feira (21), onde fez um balanço dos quatro anos da sua gestão; disputa política no maranhão; falou sobre a conjuntura política nacional e perspectivas de futuro, além de responder perguntas de internautas.

Entre os questionamentos ao governador do Maranhão, um foi relacionado às nomeações das pessoas com deficiência, que foram aprovadas no último Concurso da Polícia militar do Estado. Ele falou que deveria nomeá-los até em fevereiro, mas antecipou.

WhatsApp Image 2018-12-21 at 21.38.02