Convenções: PSB e PDT movimentam meios políticos em São Luís

Os principais candidatos ao Governo do Maranhão, Carlos Brandão (PSB) e Weverton Rocha (PDT), realizam respectivamente sábado, dia 30, e nesta sexta-feira, dia 29, convenções partidárias que oficializarão suas duas chapas.

A movimentação em ambos os grupos é de utilizar os atos como demonstração de força eleitoral. Os locais escolhidos para realização das duas Convenções ratifica a expectativa para participação de apoiadores.

O PDT terá sua chapa formada com Weverton Rocha (PDT), para o Governador; Hélio Soares (PL) para vice-governador; e Roberto Rocha (PTB), à reeleição ao Senado Federal.

O PSB oficializará a chapa Carlos Brandão (PSB), para o Governo; Felipe Camarão (PT), vice-governador; e Flávio Dino (PSB), ao Senado Federal.

Pesquisa Escutec: disputa entre Weverton 22% e Brandão 19%

O Instituto Escutec divulgou nesta terça-feira, dia 22, mais uma pesquisa de intensões de votos para o Governo do Estado, Senado Federal e Presidência da República no Maranhão.

Para o governo do estado a disputa mostra acirramento entre o senador Weverton Rocha (PDT), com 22%; e o vice-governador Carlos Brandão, com 19%. Para o senado o governador Flávio Dino (PSB), lidera com 47% das intenções de votos. Para presidência da república o ex-presidente Lula (PT), apresenta percentual de 60%.

Foram ouvidos 2 mil eleitores entre 17 a 22 de fevereiro em todas as regiões do estado. A margem de erro é de dois pontos para mais e para menos. A confiança é de 95% e registro na Justiça Eleitoral, com o número MA 03951/2022.

Band/DataIlha: disputa acirrada entre Weverton e Brandão

Pesquisa Band/DataIlha divulgada nesta terça-feira, dia 16, mostra disputa acirrada entre as duas principais pré-candidaturas da base do governo, o senador Weverton (PDT) e o vice-governador Carlos Brandão (PSDB). O governador Flávio Dino lidera para o senado.

O Portal Band Notícias MA divulga nesta terça-feira (16) a pesquisa do Instituto de DataIlha sobre a intenção de votos da população para as candidaturas nas eleições de 2022.

A pesquisa foi realizada com 1.931 entrevistados no período de 12 a 15 de Novembro de 2021. O intervalo de confiança estimado é de 95% e a margem de erro é de +/-2,23% para mais ou para menos.

Lideranças políticas no MA defendem Estado Democrático de Direito

No Maranhão lideranças políticas utilizaram as redes sociais nesta terça-feira, dia 7 de setembro, para defenderam as instituições e o Estado Democrático de Direito.

Hoje está acontecendo em várias cidades, com destaque para Brasília, atos de apoio ao presidente Bolsonaro.

Entre os posicionamentos se destacam do governador Flávio Dino (PSB), o vice-governador Carlos Brandão (PSDB), os senadores Weverton Rocha (PDT) e Eliziane Gama (Cidadania).

“União pelo Maranhão, é o que nosso povo quer”, Márcio Jerry sobre reunião da base.

O governador Flávio Dino (PSB), comanda reunião na noite desta segunda-feira, dia 6, com presidentes dos partidos da base do governo, na pauta as eleições 2022 e união do grupo liderado pelo governador.

Os pré-candidatos do grupo ao governo do Maranhão em 2022, também participam.

O presidente do PCdoB no Estado, Márcio Jerry, destacou nas redes sociais o encontro e a importância para união da base.

“União pelo Maranhão, é o que nosso povo quer. E é o que faremos!”, disse Márcio Jerry.

Com aproximação do período de definição do nome do grupo indicado pelo governador Flávio Dino para disputar o pleito de 2022, os pré-candidatos para se viabilizarem intensificaram as agendas políticas de modo a aumentar o risco de divisão do grupo.

A oposição assiste a tudo de camarote, sonhando com a volta ao Palácio dos Leões e torce pelo racha na base de apoio do governo, para tornar o caminho factível.

Para Weverton e Eliziane população vai ‘pagar a conta’ da privatização da Eletrobras

Senadores maranhenses, Weverton (PDT) e Eliziane Gama (Cidadania), lamentaram no inicio da noite desta quinta-feira, dia 17, a aprovação d projeto de privatização da Petrobras.

Os dois parlamentares foram enfáticos em ressaltar a penalização da população com aumento inevitável na conta de luz.

“Infelizmente a privatização da Eletrobras foi aprovada no Senado. A votação foi apertada, mas não conseguimos impedir esse retrocesso que, além de entregar nosso patrimônio, vai acabar encarecendo a conta de luz. A luta agora é para aprovar o destaques e minimizar os prejuízos”, lamentou Weverton.

“O relator da MP da Eletrobrás no Senado teve o dom de multiplicar os “jabutis”. O texto da Câmara q já era ruim, q prejudicava o Nordeste e encarecia a energia, ficou ainda pior. O relator reforça a obrigação de contratação de energias sujas. Ñ há como votar favorável ao projeto”, destacou Eliziane.

A Medida Provisória da Privatização da Eletrobras foi aprovado no Senado, por 42 a 37. Agora retorna à Câmara, o Congresso Nacional terá que aprovar até 22 de junho.

“Muitas mortes poderiam ser evitadas”, Weverton sobre negligencia à Pfizer

O senador Weveron (PDT-MA), reagiu com indignação nesta quinta-feira, dia 13, sobre a negligencia do governo Bolsonaro em relação a aquisição da Pfizer, evidenciada hoje no depoimento Carlos Murilo, gerente-geral Pfizer na América Latina, hoje na CPI da Covid-19 .

“É revoltante saber que o Brasil recebeu a oferta de 70 milhões de doses da Pfizer e que 1,5 mi de brasileiros poderiam já ter sido vacinados em 2020. A informação do representante da Pfizer na CPI da Covid mostra que o governo demorou a agir. Muitas mortes poderiam ser evitadas”, Weverton no twitter.

Carlos Murilo confirmou que a Pfizer fez três ofertas para aquisição em agosto do ano passado, mas o governo Bolsonaro ignorou. As negociações iniciaram em maio de 2020.

O Brasil era para ter até o segundo trimestre de 2021 cerca de 18,5 milhões de doses. As primeiras remessas teriam chegado em dezembro do ano passado.

“.. amizade com Flávio Dino é sólida e baseada em respeito e dialógo..”, Weverton

O senador Weverton (PDT), no inicio da tarde desta quarta-feira, dia 18, foi às redes sociais chamar de ‘boatos’ informações sobre um suposto rompimento político entre ele e o governador Flávio Dino.

“A verdade é que minha amizade com @FlavioDino é sólida, baseada em respeito mútuo e diálogo”

O boato ao qual Weverton se refere começou após anuncio do apoio do deputado Neto Evangelista (DEM), e do vereador Osmar Filho (PDT), presidente da Câmara Municipal, ao candidato Braide em São Luís.

Weverton contesta números do Ibope em São Luís e lembra erros no MA

O senador Weverton, presidente estadual do PDT, contestou nas redes sociais os números da pesquisa Ibope/TV Mirante divulgada na noite desta sexta-feira, dia 6, para prefeitura de São Luís.

Weverton postou uma fala sua na tribuna da Câmara Federal em 2016, onde cita várias pleitos no Maranhão, que o resultado foi contrário ao mostrado pelo Ibope.

“.. Hoje, de novo, o Ibope traz números que estão sendo desmentidos diariamente nas ruas. Não é de hoje que enfrentamos essa guerra..”, cravou Weverton .

Weverton comemora convenção que homologou candidatura de Neto e Luzimar Lopes

Realizada no sábado (12), a convenção que homologou a candidatura do deputado Neto Evangelista (DEM) e da vice Luzimar Lopes (PDT), foi marcada pela forte participação de filiados e lideranças.

O senador Weverton, Presidente Estadual do PDT, comemorou nas redes sociais o clima que marcou o ato político.

“.. Foi uma festa linda! A convenção do PDT na nossa capital reuniu filiados, lideranças políticas e pré-candidatos. Nossa companheira Luzimar Lopes foi oficializada vice-prefeita na chapa com Neto Evangelista (..) O ato oficializou a união do PDT, DEM, PSL e MDB. Foi um grande ato democrático a favor de São Luís..”, destacou Weverton.