Jantar do PL foi indigesto para Bolsonaro e Carla Zambelli

Do Metroples

O jantar de confraternização promovido pelo PL com presença de Jair Bolsonaro, ocorrido na noite de ontem, terça-feira, dia 29, em Brasília, está dando o que falar.

Um dos destaques foi um bate-boca entre Bolsonaro e a deputada federal Carla Zambelli (PL-SP). Para alguns bolsonaristas a deputada é uma das culpadas pela derrota para Lula.

Segundo a motivação teria sido o episódio em que a parlamentar protagonizou em São Paulo, como uma arma em punho em via pública, mas a parlamentar nega.

MPU quer saber quanto o PL pagou na ação contra as Urnas e a Eleição

Continua o cerco a ‘ação golpista do PL’ rejeitada pelo presidente do TSE, Alexandre de Moraes, que pediu a invalidação dos votos de parte das urnas eletrônicas.

O Ministério Público acionou nesta quinta-feira, dia 24, o Tribunal de Contas da União pedindo punição ao partido de Valdemar da Costa Neto e o presidente Jair Bolsonaro.

O subprocurador Lucas Rocha Furtado, que acionou o TCU para saber quando foi pago pelo PL para produzir o relatório utilizado pela sigla que respalda a ação, e ainda, a identificação dos responsáveis.

PL é multado em R$ 22 milhões por ‘litigância de má-fé’

O presidente do TSE, ministro Alexandre de Moraes, rejeitou nesta quarta-feira, dia 23, a ação apresentada por Valdemar da Costa Neto, presidente do PL, partido de Jair Bolsonaro, que pedia a anulação dos votos de mais de 279 mil urnas da eleição realizada no 2º turno.

Alexandre de Moraes ainda determinou que o PL pague uma multa no valor de R$ 22 milhões, por litigância de má-fé. Ele também mandou apurar ‘possíveis crimes comuns e eleitorais’ de Valdemar Costa Neto e Carlos Rocha, responsável pelo Instituto, que elaborou o relatório que serviu de base para a ação do PL, aqui integra da decisão de Alexandre de Moraes.

Valor de campanha de Bolsonaro 2022 será 31 vezes maior que 2018

Da Revista Fórum

O PL presidido por Valdemar da Costa Neto está preparando os cofres para a campanha de reeleição de Jair Bolsonaro.

O presidente Bolsonaro declarou ter gasto R$ 2,8 milhões nas eleições de 2018, terá o valor da campanha 31 vezes maior em 2022. Ele disputou 2018 pelo PSL, com foco nas redes.

O PL de gastar R$ 88,3 milhões na campanha de reeleição de Bolsonaro.

“..me sentindo aqui em casa..”, Bolsonaro no PL

Da Revista Fórum

Acompanhado de Valdemar da Costa Neto, se filiou ao PL o presidente Jair Bolsonaro, nesta terça-feira, dia 30, com o ato ele deu adeus a dos principais discursos de sua campanha de 2018, o combate a corrupção.

O PL é um dos partidos mais fisiológicos do Centrão.

“Estou me sentindo aqui em casa. Arthur Lira. Dentro do Congresso Nacional. Vocês me trazem lembranças agradáveis, de lulta, de embate. Eu vim do meio de vocês, fiquei 28 anos dentro da Câmara dos Deputados, como poucos aqui atingiram esse tempo. E há uma semelhança muito grande entre nós”, disse Bolsonaro.