Famem participará de audiência pública na Câmara Municipal de São Luís

 

famem camara
O advogado Irlan Kelson Mendonça da Coordenadoria Jurídica da Famem /Foto: Reprodução

A Federação dos Municípios do Estado do Maranhão participa nesta quarta-feira (7), a partir das 15 horas, de audiência pública na Câmara Municipal de São Luís com objetivo de discutir o acúmulo irregular de cargos público nas esferas municipal e federal.

O advogado Irlan Kelson Mendonça da Coordenadoria Jurídica da Famem será palestrante do painel realizado no plenário Simão Estácio da Silveira, na Câmara. Irlan Mendonça participou da série de encontros regionais promovidos pela Famem, Ministério Público e Tribunal de Contas do Estado, TCE, para tratar sobre o tema.

Eleições 2020: PCdoB reúne dezenas de dirigentes municipais em São Luís

 

eleições 2020
Reunião do PCdoB do Maranhão para discutir Eleições Municipais em 2020/Foto: Reprodução

O PCdoB no Maranhão reuniu na tarde desta segunda-feira (17), dezenas de presidentes de Diretórios Municipais do partido, na Assembleia Legislativa do Estado. Conduzido pelo deputado federal, Márcio Jerry (presidente Diretório Estadual do Partido) o encontro teve objetivo inicial de discutir o pleito eleitoral de 2020.

“Excelente reunião com presidentes municipais do PCdoB do Maranhão. Partido unido, forte e preparando ampliação para eleições 2020. À mais vitórias!”, comemorou no twitter o deputado federal Márcio Jerry.

O partido pretende lançar candidatos a prefeitos e vereadores no maior número possível de municípios. O PCdoB já conta com vários pré-candidatos da sigla para disputa inclusive nas duas principais cidades do estado, Imperatriz e a capital São Luís.

Governador Flávio Dino instala na CEASA primeiro Banco de Alimentos de São Luís

 

Screenshot_2019-06-01-17-48-24-1-1-1
Secretários Ivaldo Rodrigues (Agricultura e Abastecimento de São Luís), Márcio Honaiser (Agricultura, Pecuaria e Pesca do MA) e o governador Flávio Dino/Foto: Reprodução

Com objetivo de ampliar a política de combate a insegurança alimentar e o desperdício, o governador Flávio Dino inaugurou nesta sábado (1º), o primeiro Banco de Alimentos  de São Luís. e localizado na Central de Abastecimento do Maranhão (Ceasa). A solenidade foi muito prestigiada e comemorada.

A ideia do Banco de Alimentos é arrecadar produtos agrícolas em bom estado de consumo e doá-los para creches, asilos e entidades socioassistenciais que atendam aos critérios da Secretaria Adjunta de Segurança Alimentar.

“Nós estamos mostrando que mediante a parceria plena entre o Poder Público, o Governo do Estado, comerciantes, e  entidades assistenciais você consegue avançar na conquista de direitos. É um modelo institucional muito bem sucedido e que nós trouxemos hoje para o Banco de Alimentos. Tenho certeza que mediante esse fornecimento e a coleta que nós vamos fazer com caminhões refrigerados nós teremos alimentos disponíveis para quase 60 entidades, todos os dias, garantindo que milhares de pessoas possam ter acesso a uma alimentação digna”, destacou o governador.

O Banco cotará com parceiros cadastrados no Clube de Doadores como, entre eles, supermercados e atacadistas, distribuidoras de alimentos, armazéns, padarias, produtores rurais, além da própria Ceasa.

Os alimentos doados serão inspecionados na central, que também terá estrutura completa para realização das operações de coleta, armazenamento e entrega, sem custos para doadores e beneficiários.

Poderão ser doados legumes, verduras, frutas, grãos e cereais, massas frescas, carnes, aves, peixes, pães, bolos sem recheio e sem cobertura, além de leite e derivados. Até o momento, 58 associações estão cadastradas para utilizar o Banco de Alimentos.

Neto Evangelista e Duarte Jr. trocam farpas e disputam nas redes sociais autoria de projeto

 

neto_duarte-768x768
Deputado Neto Evangelista (DEM) e Duarte Júnior (PCdoB)/Foto:

O midiático Duarte Jr. (PCdoB), voltou se envolver em polêmica por causa de projetos que teriam como autores colegas de parlamento. Dessa vez a confusão é com Neto Evangelista (DEM). Os dois parlamentares são pretensos candidatos a prefeito de São Luís.

A nova polêmica envolvendo o deputado Duarte Júnior é a instalação de uma unidade da DPE (Defensoria Pública do Estado), na área Itaqui-Bacanga.

O ex-diretor do Procon, parece ainda não entender que não é mais executivo. Por essa razão, mantém uma postura que deve empurrá-lo para o isolamento político.

Os dois parlamentares são da base governo do estado, o deputado Neto Evangelista acusa Duarte Jr., de já ter agido da mesma forma com os deputados César Pires, Adelmo Soares e Zé Gentil, como o próprio.prefeito 2

Jeisael Marx é demitido por causa de pré-candidatura a prefeito de SL

 

jaeisael
Jeisael Marx/ Foto: Reprodução

O locutor-apresentador e jornalista Jeisael Marx, não faz mais parte dos quadros da TV Difusora. Ele foi demitido na tarde desta terça-feira (7), como informou o Blog Marrapá. Motivo? sua pré-candidatura à Prefeitura de São Luis em 2020.

O apresentador e pré-candidato perdeu um importante espaço na mídia local. A partir de agora, terá que trabalhar mais para não derrubarem seu projeto para disputar a prefeitura da capital.

É esperar a influência desse fato na pré-candidatura de Jeisael, porque em relação a consolidação da candidatura, ele ainda precisará avançar muito na construção do seu nome para disputa.

Jeisael Marx segue construindo candidatura em São Luís

 

jaizael
Jeisael Marx e Isaias Castelo Branco/Foto: Reprodução

Enquanto alguns debocham, duvidam e tentam fazer pouco caso das pretensões do jornalista Jeisael Marx em concorrer à sucessão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior, em São Luís, ele vai se movimentando. Esta semana se reuniu com Isaias Castelo Branco (Presidente do Sindicato dos Rodoviários), para saber mais sobre o sistema de transporte coletivo da capital.

Com agenda ainda modesta, mas focada em áreas e apoios estratégicos, Jeisael vai construindo seu nome. O incomodo que já vem causando em outros políticos e também pretensos candidatos ao pleito, acabou motivando mais o jornalista.

Jeisael Marx não é um nome fora do contexto como defendem alguns céticos da sua candidatura. Com atuação na TV e Rádios da capital, ainda não exerceu mandato eletivo, mas conhece bem os problemas menos e mais graves de São Luís, e tem mantido conversas com especialistas sobre todos eles.

Aprovado transporte por aplicativo em São Luís sem definir quantidade

 

003.jpg

A Câmara Municipal de São Luís aprovou por unanimidade, nesta terça-feira (26), o Projeto de Lei nº 001/2017 que regulamenta os serviços de transporte individual de passageiros com uso de aplicativos de celular na capital maranhense – como Uber, Mary Drive e 99 POP.

O projeto cria obrigações aos serviços de transporte individual por aplicativo, como a identificação do passageiro por parte do motorista; o destino da corrida; apresentação de certificado de seguro contra acidentes pessoais a passageiros; e o uso de veículos com no máximo oito anos de fabricação. Também passarão a ser cobrados 5% de tributos sobre os valores pagos por viagem.

Um dos pontos polêmicos apresentados na discussão foi em relação a uma emenda que limitava a quantidade de veículos e motoristas cadastrados. A matéria, entretanto, foi vencida e retirada de pauta.

O presidente da Câmara, vereador Osmar Filho (PDT), classificou como histórica a sessão que aprovou a matéria.  “Foram quase 12 horas de discussão até chegarmos à decisão final, com todas as emendas que foram destacadas, votando uma a uma até votarmos a matéria inicial. Não restringimos qualquer tipo de direito ou penalizamos a população. Pelo contrário, preservamos tanto os passageiros, quanto os condutores e, principalmente, a população ludovicense”, afirmou.

O vereador Paulo Victor (PTC), autor da proposta, avaliou que o projeto aprovado foi um grande passo para a cidade, destacando a inovação para a mobilidade e também para os passageiros.

“Esse não é mais um projeto de minha autoria. Agora é um projeto da Câmara que votou em beneficio da população de São Luís. Graças a Deus chegamos a um consenso e retiramos toda e qualquer limitação deixando o projeto constitucional. O projeto foi um grande passo para a cidade, pois representa a inovação para a mobilidade e também para os passageiros”, disse.

O Projeto polêmico estava desde fevereiro de 2017, sendo aprovado, em 1º turno, no dia 18 de dezembro daquele ano. Com a aprovação dos parlamentares, agora a proposta segue para redação final para adicionar as emendas aprovadas e, após revisão, será encaminhada à sanção do prefeito Edivaldo Júnior (PDT).