Brandão discute estratégia para enfrentar danos das chuvas no MA

O governo do Maranhão reuniu, nesta quarta-feira (12), secretários e técnicos para traçar um plano de prevenção contra chuvas no estado.

O vice-governador, Carlos Brandão. que liderou a reunião explicou que cada local tem sua especificidade e, consequentemente, as ações devem ser de acordo com cada caso.

“Para compreendermos os agravantes dos alagamentos nas cidades após as fortes chuvas, precisamos estudar cada caso e as suas motivações. Isso nos permitirá medidas preventivas, inclusive reduzindo os impactos das cheias dos rios, algo que carece de um planejamento integrado das ações, incluindo a participação de empresas privadas que se coloquem à disposição para colaborar com essas iniciativas, a partir destes estudos”. 

De acordo com os relatórios meteorológicos deste ano, o maior índice de chuvas deve acontecer entre o fim de janeiro e início de fevereiro. O volume de crescimento das chuvas deverá ser de 20% e 80% acima das médias históricas. 

O Governo deverá formar um grupo de trabalho para tratar especificamente do planejamento de ações de prevenção e combate aos danos causados pelas chuvas.

Maranhão intensifica ações contra Covid-19 e prorroga calamidade

A Secretaria de Estado da Saúde intensificou nesta quinta-feira, dia 6, nos 217 municípios maranhenses as ações contra as síndromes gripais que vão receber 336.310 testes rápidos de antígeno para detecção de casos da Covid-19.

“O período chuvoso aumenta o número de pacientes com sintomas de gripe, que em muito se confunde com a Covid-19. Com os testes, os profissionais de saúde das Unidades Básicas podem oferecer o tratamento adequado ao paciente a partir deste diagnóstico rápido. É assim que se salva vidas”, disse Carlos Lula.

Com unidades lotadas de pacientes com síndromes respiratórias, os testes rápidos vão permitir maior celeridade ao atendimento e isolamento imediato dos casos positivos de Covid-19. Rápido e eficaz, o exame revela o resultado após 15 minutos.

Além da população em geral, os municípios também vão receber testes para serem usados exclusivamente com as comunidades quilombolas. A distribuição dos testes começa nesta quinta-feira (6). O quantitativo para cada cidade foi definido em resolução da Comissão Intergestores Bipartite (CIB).

Cenário

Atualmente, o Maranhão apresenta 80 casos da Covid-19 por dia e totaliza 371.132 casos confirmados, com 10.386 óbitos pelo vírus.

Hoje o governo do Maranhão prorrogou a calamidade no estado até 31 de março por causa da Covid-19, em todas as Secretarias e órgãos para garantir os esforços necessários para enfrentar a situação de combate e urgência na estrutura administrativa do executivo.

A medida é respaldada por parecer da Coordenadoria estadual de Proteção e Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros do Maranhão, que leva em conta o aumento de casos da covid-19 em todo o país e no Maranhão, assim como o surgimento da nova variante Ômicron.

Brandão prioriza atenção aos atingidos pelas enchentes no MA

O vice-governador do Maranhão, Carlos Brandão (PSDB), informou nesta quarta-feira, dia 5, que suas atividades políticas ao longo do mês de janeiro estão canceladas.

Ele dedicará seu tempo prioritariamente ao acompanhamento e atenção à população e regiões impactadas com as chuvas e enchentes no estado.

O vice-governador deverá, ainda nesta semana, cumprir intensa agenda de viagens aos munícipios e regiões onde a ‘equipe de acompanhamento’ criada pelo governo, já está atuando e auxiliando as pessoas e municípios atingidos.

As ações e atenções se intensificaram nos últimos dias principalmente em Imperatriz e Mirador. Mas, a situação também e preocupante nos municípios de Barra do Corda, Jatobá e Grajaú.

A Defesa Civil já alertou também para a situação em Itapecuru-Mirim, Coroatá, Pirapemas, Cantanhede, Santa Rita e Rosário, Trizidela do Vale, São Luís Gonzaga, Pedreiras e Bacabal.

Flávio Dino diz que está atento as cheias dos rios no MA

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PSB), usou as redes sociais nesta quarta-feira, dia 29, para informar que o governo não está indiferente aos riscos das cheias dos rios no estado, em razão do inicio das chuvas.

O drama que vive a Bahia em razão das chuvas intensas com cidades inteiras praticamente submersas, desabrigados, mortos, desaparecidos e estradas rompidas ascendeu o sinal de alerta também no Maranhão.

Em Imperatriz com o volume do Rio Tocantins subindo, a preocupação também aumentou.

Além da região tocantina o governo também monitora a situações em outras partes do estado através do Corpo de Bombeiros em relação das cheias de rios que cortam vários municípios.

Bombeiros do Maranhão são enviados a Bahia

O governo do Maranhão em solidariedade ao estado da Bahia e o povo baiano está enviando apoio através do Corpo de Bombeiros, para atuarem em razão das as intensas chuvas que estão ocorrendo no estado.

A Superintendência de Proteção e Defesa Civil do Estado e as prefeituras dos municípios atingidos contabilizaram 4.185 desabrigados e 11.260 desalojados.

Já são 286 pessoas feridas com a população total atingida de 378.286. Desde o início do mês, 17 pessoas morreram em decorrência dos estragos causados pelas tempestades.

FAMEM e Bombeiros orientarão municípios como proceder durante as chuvas

 

BOM e FAM

Com objetivo de orientar os municípios como proceder durante o período de intensificação das chuvas no Maranhão, a Federação dos Municípios do Maranhão (FEMEM) e o  Corpo de Bombeiros, através da Defesa Civil Estadual, realizarão palestra sobre procedimentos em caso de desastres, Decretação de Situação de Emergência e auxilio à população.

As orientações serão ministradas nesta sexta-feira (7), na sede da entidade em São Luís (Avenida dos Holandeses – Calhau). As palestras serão ministradas pelo capitães Rodrigues e Fernandes, do Corpo de Bombeiros do Maranhão.

Ano passado, o presidente da Famem, Erlanio Xavier, colaborou em várias frentes com os municípios atingidos, principalmente os mais atingidos pelas chuvas. Ele também  esteve em Brasília com o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, tratando sobre o atendimento aos 17 municípios mais castigados.

Flávio Dino mostra para Assis Ramos como deve ser relação entre entes federativos

 

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), voltou nesta quinta-feira (18), tratar no twitter sobre a polêmica criada pelo prefeito, Assis Ramos (DEM), em relação à situação de infraestrutura das ruas em Imperatriz.

O governador que havia classificado o comportamento do prefeito de ‘baixaria’, usou exemplos de agendas esta semana em São Luís, com ministros do governo Bolsonaro, para mostrar que divergências políticas, ideológicas e eleitorais não devem impedir uma postura respeitosa e responsável entre representantes da federação.

“Nosso governo mantém o diálogo respeitoso com o governo federal, em busca de parcerias e medidas que possam ajudar o Maranhão. Nesta semana, recebemos a visita no nosso Estado do Ministro da Ciência e Tecnologia e do Ministro do Meio Ambiente”, destacou Flávio.

ministros
Marcos Pontes (Ministro de Ciência e Tecnologia) e o governador Flávio Dino/Foto: Reprodução

ministros 1
Ricardo Salles (Ministro do Meio Ambiente) e o governador Flávio Dino/Foto: Reprodução

“Divergências políticas não podem impedir o diálogo entre os entes da Federação, tampouco entre partidos e correntes de opinião diversas. Exerço meu direito de oposição, porém jamais com intolerância, desrespeito pessoal ou ódios. O Brasil  precisa proteger a democracia”, acrescentou Flávio Dino.

“A mesma coisa faço aqui em relação aos municípios. Defiro cessão de funcionários para prefeituras governadas pela oposição e tenho obras em todas elas. Só considero incabíveis mentiras e agressões pessoais. Mesmo assim, mantenho as ações do governo nas cidades”, lembrou o governador sobre a relação com todos municípios.

Flávio Dino sobre polêmica criada pelo prefeito de Imperatriz

 

resposta de flavio
Governador Fávio Dino/Foto: Reprodução

“Não respondo a agressões pessoais de baixo nível. Sempre estou lutando para resolver os problemas. Alguém já me viu “exigindo” que o governo federal tape buraco de estrada MA, de competência estadual ? Esse tipo de grosseria e disparate não condiz com a minha formação”, disse Flávio Dino no twitter.

Márcio Jerry chama Assis Ramos de ‘ingrato’, ‘incapaz’ e ‘falso’ por culpar o governador pelos estragos em ITZ

 

marcio e assis
Deputado Márcio Jerry e o Assis Ramos Prefeito de Imperatriz/Foto: Reprodução

Trajando uma camisa do Imperatriz, Campeão Maranhense de Futebol em 2019, acompanhado de assessores em uma rua com pavimentação destruída e que leva o nome do pai do governador, o prefeito Assis Ramos, gravou um vídeo e postou nas redes sociais cobrando Flávio Dino e dizendo que ele não está fazendo nada pelo povo e cidade de Imperatriz.

Aliado do governador, o deputado federal Márcio Jerry, reagiu tão forte quanto as chuvas que castigam o Maranhão, a atitude do prefeito Assis Ramos de transferir a obrigação de recuperar os estragos causados pelas chuvas em Imperatriz, ao governador Flávio Dino.

Márcio Jerry classificou Ramos de “ingrato” e outros adjetivos nada gentis ao prefeito.

“Assis, o ingrato, tenta esconder as ações do Governo do Maranhão no município de Imperatriz. Não consegue porque são muitas, importantes, permanentes. Mas ele também é Assis, o falso, que comparece aos eventos do Governo para agradecer e depois, covardemente, fala mal”, reagiu Jerry.

“Assis, siga o exemplo do governador Flávio Dino e de seus auxiliares: se dedique à querida Imperatriz, respeite o bravo povo imperatrizense, trabalhe!!!”, acrescentou o deputado.

Também nas redes sociais, o prefeito Assis Ramos respondeu às criticas do deputado Márcio Jerry. De acordo com o prefeito sua reclamação e cobranças não foram direcionadas ao deputado. Márcio Jerry também voltou se posicionar.

“A assessoria do prefeito Assis, o faz nada, redigiu um texto para ele assinar respondendo as minhas críticas à postura oportunista dele de querer esconder a incompetência acusando o governador por este não “tapar os buracos” das ruas de Imperatriz”, disse Márcio Jerry.

Governo garante apoio a Santa Helena para enfrentar danos causados pelas chuvas

 

42c1b9a2-ed02-4abf-8a4d-363e4fc23040 (1)
Foto: Reprodução

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, Othelino Neto, o prefeito de Santa Helena, Zezildo Almeida, e ainda, o presidente da Câmara, Jorge Malheiros, se reuniram nesta quinta-feira (4), com o Rodrigo Lago, Secretário de Comunicação e Assuntos Políticos do Estado.

O objetivo da reunião foi viabilizar o apoio ao município junto ao governo, após o agravamento dos problemas causados pelas chuvas no município, cujo o prefeito no último dia 28 decretou Situação de Emergência e solicitou a presença da Defesa Civil Estadual.

“Estamos encaminhando apoio para assistência ao município. Isto está sendo discutido entre o prefeito Zezildo e o deputado Othelino Neto, com vários órgãos do governo, coordenado pelo Palácio dos Leões, com determinação do governador”, explicou Rodrigo Lago.

O deputado Othelino disse que tem acompanhado a situação que está vivendo Santa Helena, e está fazendo seu papel que é buscar celeridade no auxílio ao município e seus moradores.

“O prefeito Zezildo tem me informado sobre a situação da subida do rio. Já são mais de três mil famílias que tiveram que sair de suas casas. Nosso papel é tentar agilizar a solução, principalmente a parceria junto ao governo do Estado, com apoio do corpo de bombeiros, já está presente na cidade, além da Força Estadual de Saúde e outras medidas”.

O prefeito Zezildo destacou a importância do apoio do governo e as dificuldades que vem enfrentando no município.

“O município não tem condição de enfrentar o problema sozinho, por isso estamos buscando essa parceria com o governo do estado.”