Federação e Sindicatos da PRF culpam Bolsonaro pela crise nas BRs

A Federação Nacional dos Agentes e Sindicatos da Polícia Rodoviária Federal em todo país, divulgaram nesta terça-feira, dia 1º, nota pública conjunta onde culpam o presidente Jair Bolsonaro (PL), pela dificuldade e desgaste da PRF, nas ações para desbloquear as BRs brasileiras.

“A postura do atual presidente da República, Jair Bolsonaro, em manter o silêncio e não reconhecer o resultado das urnas acaba dificultando a pacificação do país, estimulando uma parte de seus seguidores a adotarem ações de bloqueios nas estradas brasileiras.”, diz trecho na nota da FENAPRF.

NOTA PÙBLICA

A Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais (FenaPRF) e os Sindicatos dos Policiais Rodoviários Federais de todo o Brasil reafirmam o compromisso com o Estado Democrático de Direito. O resultado das eleições de 2022 expressa a vontade da maioria da população e deve ser respeitado.

A postura do atual presidente da República, Jair Bolsonaro, em manter o silêncio e não reconhecer o resultado das urnas acaba dificultando a pacificação do país, estimulando uma parte de seus seguidores a adotarem ações de bloqueios nas estradas brasileiras.

Apesar disso, os PRFs seguem trabalhando diuturnamente para o restabelecimento do direito de ir e vir da população. Importa frisar que compete exclusivamente à gestão do Departamento de Polícia Rodoviária Federal providenciar e disponibilizar os meios e a organização do efetivo necessários para dar cumprimento à desobstrução das rodovias federais.

Nesse sentido, o sistema sindical dos PRFs segue cobrando uma postura firme da direção do DPRF, para prover os meios necessários para que a corporação cumpra suas funções constitucionais, garantindo assim o direito de ir e vir da população e resguardando a segurança e integridade dos policiais.

A Polícia Rodoviária Federal é um patrimônio da sociedade e seguirá firme na defesa da democracia, do respeito às leis e às decisões judiciais.

Brasília, 1º de novembro de 2022.

Duarte Jr. pede desculpas para parte da bancada federal do MA

O deputado estadual, Duarte Jr (PSB), foi rápido nesta sexta-feira, dia 15, em se desculpar com parte da bancada federal maranhense, após cobrar nas redes sociais a aplicação de recursos no Maranhão, que cada parlamentar tem direito através de emendas parlamentares.

O questionamento em tom de indignação de Duarte Jr., se deu no contexto da situação péssima das BRs no Maranhão.

Também nas redes sociais, um dos primeiros a questionar Duarte Jr., foi o deputado federal Márcio Jerry (PCdoB), que não gostou do aliado generalizar a cobrança.

O deputado estadual Duarte Jr. é considerado no Maranhão um dos potencias nomes a ser eleito para Câmara Federal nas eleições 2022. Está no primeiro mandato na Assembleia Legislativa, e em 2020 disputou o 2º turno na eleição para Prefeitura de São Luís.

Depois da pressão de Dino, Dnit revela penúria no Maranhão

Depois que Flávio Dino lançou nas redes sociais imagens que mostram a calamidade das rodovias federais no Maranhão, documentos do Dnit no estado vieram à tona com um a incômoda revelação.

O governo de Jair Bolsonaro deixou o Dnit maranhense a pão e água no estado. Em uma lista de sete obras previstas para rodovias federais no estado, todas aparecem, segundo o Dnit, em fase embrionária, de ‘elaboração de projetos’.

“Ressaltamos que as informações acima ainda carecem de disponibilidade orçamentária para sua efetiva implementação”, registra o Dnit em ofício de junho.

No dia 2 de agosto, Dino usou as redes para anunciar que havia encaminhado ofício ao governo federal para propor um “mutirão para salvar todas as rodovias federais no Maranhão”. “Formalizo a oferta de ajuda estadual e pedido de autorização para atuarmos nas estradas federais”, escreveu Dino. (Coluna Radar da Veja)

Flávio Dino oferece auxilio ao governo Bolsonaro para recuperar BRs no MA

O governador, Flávio Dino (PSB), encaminhou nesta segunda-feira, dia 2, ao ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, oficio oferecendo auxílio estadual para recuperação das rodovias federais (BRs) no Maranhão. 

“Encaminho ao Governo Federal proposta de um mutirão para salvar todas as rodovias federais BRs no Maranhão. Formalizo oferta de AJUDA ESTADUAL e pedido de autorização para atuarmos nas estradas federais. Situação grave nessas BRs de grande circulação, como as fotos exemplificam (..) O mutirão deve ocorrer em TODAS as rodovias federais, começando das piores. Estamos lutando com as nossas MAs e apoiando os municípios com suas ruas e vicinais. E ofertamos ajuda ao Governo Federal para que este consiga cumprir seu dever”, destacou Flávio Dino no twitter.

Weverton repassa apelo de prefeitos e populares a Ministério e Dnit sobre BRs no MA

 

weverton br
Senador Weverton (PDT), durante agenda política no interior do estado/Foto: Divulgação

O senador Weverton (PDT), disse nesta quinta-feira (23), através das redes sociais que informou ao Ministério dos Transportes e ao Dnit a precariedade das rodovias federais no Maranhão, que está se agravando com inicio das chuvas. A preocupação do senador com as condições das BRs aumentou após cumprir extensa agenda em várias regiões do estado e conversar com prefeitos e empresários.

‘Rodei muito o Maranhão nas últimas semanas e vi a situação precária das estradas,em especial da BR-135. Recebi apelos de prefeitos e da população. Repasso ao ministro Tarcísio Gomes e ao diretor-geral do Dnit, Santos Filho, para que melhorem as condições das nossas estradas’, disse Weverton.

BRs
Parlamentares da bancada maranhense reunidos com Glauco Henrique diretor do DNIT no Maranhão/Foto: Reprodução

No último dia (14), alguns representantes da bancada federal se reuniram com o Diretor do Dnit no Maranhão, Glauco Henrique Ferreira, onde alertaram o órgão sobre as condições das rodovias e a possibilidade de agravamento com a intensificação das chuvas. Entre o parlamentares estiveram a senadora Eliziane (Cidadania) e os deputados Márcio Jerry (PCdoB), Bira do Pindaré (PSB) e Jucelino Filho (DEM).

Parlamentares cobram recuperação urgente de BRs no Maranhão

 

EOP92mWWoAA7IXF
Glauco Henrique Ferreira ( Diretor do DNIT/MA) e representantes da bancada maranhense na Câmara e Senado Federal/Foto: Reprodução

Parlamentares se reuniram nesta terça-feira (14), em São Luís, com representantes do DNIT no Maranhão, onde cobraram em caráter de urgência providências para garantir a recuperação e condições trafegabilidade para rodovias federais no estado.

As condições que já eram precárias antes do inicio das chuvas estão se agravando. Parlamentares que compõem a bancada maranhense já haviam cobrado o governo federal, porém praticamente nada foi feito.

Para Bolsonaro radares nas estradas pode ter objetivo apenas de multar

 

radares
Foto: Reprodução

Da  Gazeta do Povo

O presidente Bolsonaro (PSL) anunciou no twitter neste domingo (31), que está cancelado instalações de radares eletrônicos em rodovias federais cujo contratos serão revisados e avaliado a necessidade deles.

“Após revelação do @MInfraestrutura de pedidos prontos de mais de 8.000 novos radares eletrônicos nas rodovias federais do país, determinei de imediato o cancelamento de suas instalações. Sabemos que a grande maioria destes têm o único intuito de retomo financeiro ao estado”, disse em tom de preocupação com motoristas flagrados cometendo infrações nas rodovias.

Ele diz ainda que “verificando a real necessidade de sua existência para que não sobrem dúvidas do enriquecimento de poucos em detrimento da paz do motorista.”

Estudos revelam que a redução da velocidade média no trânsito resultou na diminuição de acidentes e mortos. Na França onde foram instalados radares nas rodovias entre 2003 e 2004, A queda da velocidade média nas rodovias sofreu uma redução de 36% no número de mortes no trânsito.

Radares inibem motoristas de desrespeitar os limites de velocidade implantados para aumentar a segurança viária. Respeitar o limite é uma questão legal, independentemente de haver radar ou não. Se você for multado é porque não seguiu a legislação de trânsito.