Policia esclarece morte da professora Rosiane Costa em São Luís

 

professora
Professora Rosiane Costa, 45 anos/Foto: Reprodução

A Polícia do Maranhão apresentou nesta quarta-feira (22), na capital maranhense, Marcio Jorge Lago Marques, acusado de assassinar a professora Rosiane Costa, 45 anos, cujo o corpo foi encontrado dentro do campus da UFMA(Universidade Federal do Maranhão).

A professora foi encontrado no inicio da manhã do último dia 13 de maio, ao lado da TV UFMA por uma funcionária da instituição.

Ao confessar o crime à polícia disse que cometeu por causa de uma divida de R$ 2.500, e estava sendo cobrado pela dívida, e ainda, decidiu abandonar o corpo da professora Roseane na Universidade, porque em seguida aproveitaria para buscar a esposa na UPA da área Itaqui Bacanga.

Segundo a polícia autor e vitima se conheceram na rede social Badu. Chegaram a manter um relacionamento, mas atualmente a única ligação que havia entre eles era a dívida. De acordo com a delegada, Viviane Fontinele, 20 minutos após abandonar o corpo da professora, o acusado foi a um Supermercado, onde fez compras no valor de R$ 600 e sacou R$ 1 mil, com o cartão da vítima.

Ainda segundo as investigações, havia cerca de R$ 12 mil na conta da professora, que vinha sendo gasto e sacado por Marcio Jorge em terminais de auto-atendimento desde o dia do crime. Ele foi preso na noite de ontem terça-feira (21), na Avenida Litorânea. Para a polícia o acusado já sabia que estava sendo procurado.

Abaixo o áudio em que a delegada Viviane Fontelle narra os detalhes do crime.