O Brasil atinge marca de 250.036 mil mortes por Covid-19

O Brasil atingiu a marca de 250.036 mil mortes por Covid-19, nesta quarta-feira, dia 24. Foram 1.390 mortes registradas no último boletim divulgado no inicio da noite de hoje desde o começo da pandemia.

O primeiro caso registrado no Brasil completará 1 ano na próxima sexta-feira, dia 26, quando um homem de 61 foi confirmado com o novo coronavírus.

O crescimento foi 30% só dois meses de 2021, confirmando o avanço depois das festas de final de ano e o carnaval.

Maranhão aumenta número de leitos após aumento de casos de Covid-19

O Governo do Maranhão está ampliando o número de leitos exclusivos para atendimento a pacientes com a Covid-19.

São leitos clínicos e de UTI, distribuídos em unidades da rede estadual de saúde, para assistência aos casos moderados e graves da doença. Com novos leitos e o redimensionamento dos já existentes, o Maranhão passa a ter 732 leitos clínicos e 306 leitos de UTI exclusivos para casos da Covid-19.

Em fevereiro, a expansão continua com a entrega de novos leitos. A ampliação dessa reserva resulta do novo cenário epidemiológico de aumento de casos e da taxa de ocupação de leitos.

O secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, reforça que o empenho do Governo do Estado desde o início da pandemia tem um só objetivo: salvar vidas. 

“Acompanhamos diariamente a evolução do cenário de pandemia no estado. Quando observamos estabilidade no número de novos casos, tivemos condições de destinar leitos que eram Covid para atendimento a pacientes que passaram por cirurgias eletivas. Agora, além de abrirmos novos leitos, redimensionamos os que temos na rede para voltarmos a atender de forma exclusiva os pacientes com a Covid-19”, destaca o secretário. 

Entre os novos leitos, estão os 50 leitos clínicos entregues este ano no Hospital Aquiles Lisboa, em São Luís; os 11 leitos de UTI no Hospital Macrorregional Dra. Ruth Noleto, em Imperatriz; e os 12 novos leitos de UTI no Hospital Regional de Barreirinhas. 

Em São Luís, os hospitais de Cuidados Intensivos (HCI), Dr. Carlos Macieira, Dr. Genésio Rêgo, Dr. Raimundo Lima, além do Hospital Geral da Vila Luizão e da Maternidade de Alta Complexidade do Maranhão (MACMA), também estão com mais leitos exclusivos para Covid-19. 

Com a expansão, a taxa de ocupação de leitos na Grande Ilha passa a ser de 87,30% em leitos de UTI e 43,96% em leitos clínicos.  

Rede de assistência

Nos demais municípios, os leitos da rede estadual de saúde exclusivos para atendimento a pacientes com a doença estão distribuídos nas cidades de Morros, Barreirinhas, Alto Alegre, Timbiras, Peritoró, Viana, Santa Luzia do Paruá, Coroatá, Imperatriz, Balsas, Santa Inês, Monção, Itapecuru, Timon, Pinheiro, Caxias, Presidente Dutra, Lago da Pedra, Grajaú, Carutapera, Bacabal e Chapadinha. 

Em Imperatriz, a taxa de ocupação de leitos exclusivos para Covid-19 passou a ser de 71,60% em leitos clínicos e 81,25% em leitos de UTI. Nas demais regiões do estado, as taxas de ocupação de leitos encontram-se em de 56,08% nos leitos de UTI e 19,55% nos leitos clínicos.

Os números de leitos e a taxa de ocupação, bem como demais informações sobre o cenário da pandemia no estado, são divulgados diariamente em boletim disponibilizado no site da Secretaria de Estado da Saúde (SES), em http://www.saude.ma.gov.br.

Governo do MA acompanha 3 prováveis casos de reinfecção por coronavírus

O governador do Maranhão, Flávio Dino, em entrevista coletiva nesta sexta-feira, dia 9, alertou a população para reinfecção por coronavírus no Maranhão. Ele informou que há 3 casos hipotéticos em São Luís.

“Estamos com 3 casos de coronavírus em que pode estar caracterizada a reinfecção. Nossos profissionais estão fazendo os exames necessários. Transmito essa informação por transparência administrativa e como um alerta quando a esta possibilidade, ainda em análise”, alertou Flávio Dino.

No Maranhão casos confirmados do novo coronavírus chegaram a 1.040

 

corona02
Foto: Reprodução

O governador Flávio Dino no inicio da noite desta sexta-feira (17), reforçou o apelo a população para colaborar na batalha contra o novo coronavírus. O pedido do governador foi acompanhado do anuncio do mais recente número de contaminados no Maranhão, que chegaram a 1.040 caos confirmados e 44 mortos.

“Ultrapassamos a marca dos 1.000 casos confirmados de coronavírus. Agora são 1.040. Com 44 óbitos. Irei editar novas medidas. Mas elas só serão adequadamente cumpridas e produzirão efeitos se houver compreensão de todos. Conto com vocês” revelou Flávio Dino nas redes sociais.

No Brasil, segundo o mais recente boletim do Ministério da Saúde, divulgado hoje com  o número de mortos pelo coronavírus atingiu a marca de 2.141 mortos; e 33.82.

WhatsApp-Image-2020-04-17-at-16.41.48
Foto: Reprodução

O governador Flávio Dino reuniu nesta sexta-feira (17), por videoconferência, com os prefeitos da Ilha de São Luís para definir novas ações para o enfrentamento do coronavírus nos municípios de São Luís, Raposa, Paço do Lumiar e São José de Ribamar.

A Ilha de São Luís é a região que concentra mais de 90% dos casos confirmados de Covid-19 no Maranhão. Na reunião, o governador ouviu os gestores municipais e propôs uma ação conjunta com o objetivo de fortalecer as diretrizes de combate ao coronavírus nesses municípios.

A disponibilidade de novos leitos e a melhora do fluxo de porta de entrada dos pacientes foram alguns dos pontos tratados entre o governador, gestores municipais e secretários de estado.

Participaram da reunião as prefeitas Talita Laci (Raposa), Paula (Paço do Lumiar), os prefeitos Edivaldo Júnior (São Luís) e Eudes Sampaio (São José de Ribamar), além dos secretários estaduais Marcelo Tavares (Casa Civil), Carlos Lula (Saúde) e Rodrigo Lago (Secap).

Covid-19: no MA estabelecimentos comercias poderão ser punidos se não cumprirem decreto

 

punição

O número de casos de contaminação do Covid-19 confirmados no Maranhão subiu para 88. O próprio governador Flávio Dino informou nesta sexta-feira (3), ao fazer um balanço das ações no estado de enfrentamento da crise causada pelo novo coronavírus.

boletim 88

Flávio Dino fez mais uma vez um apelo à população para respeitar as determinações de prevenção e demonstrou preocupação especial com profissionais da área de saúde, uma vez que já há casos de contaminação confirmados no estado. Os testados positivos até o momento se concentram em São Luís, Paço do Lumiar, Imperatriz, Açailândia e São José de Ribamar.

O governador disse ainda que a partir da próxima segunda-feira (6), a fiscalização em estabelecimentos comercias não-essências será intensificada e os proprietários poderão ser punidos principalmente com multas, caso não respeitem a determinações oficias de prevenção.

“Vamos aplicar a Lei Federal que trata do regime sanitário do Brasil…, quando as pessoas descumprem orientações ou determinações, relativas à saúde pública, elas podem ser responsabilizadas em nível criminal, o que caberá ao Ministério Público e ao poder Judiciário. Mas, elas podem sofrer também sanções administrativas”, alertou Flávio Dino.

Nas redes sociais o Secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, reforçou o apelo do governador Flávio Dino, sobre a importância da prevenção. Ele demonstrou a projeção do número de casos com e sem as medidas preventivas que foram adotadas.

curva achatada

“A projeção era pra termos 220 casos, temos 88. O número deveria ser menor. Torço para a sociedade nos ajudar nessa tarefa. Boletim no site, com muitos indicadores interessantes”, disse Carlos Lula.

O governo do Maranhão determinou também hoje a prorrogação até 26 de abril as aulas, valendo para instituições públicas e privadas. O fechamento do comércio foi estendido até dia 12. O motivo é o aumento rápido de casos de contaminação nos últimos dias.

COVID-19: mais 8 casos confirmados no Maranhão, agora são 31 contaminados e 1 óbito

 

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) monitora mais oito casos de COVID-19 registrados em São Luís. No total, até o momento, o Maranhão confirmou 31 casos, sendo um óbito, de infecção por COVID-19. Total de casos suspeitos até o momento 222 e descartados 791.

Com o resultado de exame laboratorial, oito novos casos foram registrados em São Luís. São eles:homem, 48 anos; mulher, 43 anos; mulher, 60 anos; homem, 35 anos; mulher, 27 anos; mulher, 33 anos; homem, 41 anos, e mulher, 35 anos. Dos novos casos confirmados nesta segunda (30), dois estão internados. Os demais seguem em isolamento domiciliar.
Sobre as 22 pessoas ainda monitoradas pelo CIEVS, dois seguem assistidos por hospital da rede privada e um na rede pública. Todos apresentam quadro de saúde estável.

PERFIL DOS CASOS POSITIVOS

1. Homem, de 69 anos

2. Mulher, de 37 anos

3. Homem, de 66 anos

4. Mulher, de 70 anos

5. Mulher, de 72 anos

6. Mulher, de 76 anos

7. Homem, de 43 anos

8. Homem, de 57 anos

9. Homem, de 55 anos

10. Mulher, de 28 anos

11. Homem, 30 anos*

12. Mulher, de 45 anos

13. Mulher, de 44 anos

14. Mulher, de 29 anos

15. Homem, de 26 anos

16. Homem, de 29 anos

17. Homem, 61 anos

18. Mulher, 58 anos

19. Mulher, 36 anos

20. Mulher, 49 anos

21. Mulher, 55 anos

22. Criança, sexo feminino, 1 ano de idade

23. Homem, 48 anos

24. Mulher, 43 anos

25. Mulher, 60 anos

26. Homem, 35 anos

27. Mulher, 27 anos

28. Mulher, 33 anos

29. Homem, 41 anos

30. Mulher, 35 ano

31. Homem, de 49 anos