Estado e Município avançam na municipalização do Ensino Fundamental

 

moacir e felipe
Ao centro Moacir Feitosa (Secretário de Educação de São Luis) e Felpe Camarão (Secretário de Estado da Educação)/Foto: Reprodução

As Secretaria de Estado da Educação (Seduc) e a Secretaria Municipal de Educação (Semed) de São Luís, reuniram na sexta-feira (15), para juntas avançarem o processo de municipalização do Ensino Fundamental, como estabelecido pela Constituição e a LDB (Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional).

Na reunião ficou encaminhadas as providencias relacionadas à demanda de professores em escolas municipalizadas e o remanejamento de outros profissionais da escola; infraestrutura das unidades escolares; oferta do Ensino Fundamental em regiões da capital como: Itaqui-Bacanga, Vila Maranhão, João Paulo, Cohatrac, Turu e Maracanã, entre outros pontos.

“Foi um encontro de fortalecimento do regime de colaboração com o município de São Luís, no sentido de seguirmos avançando no processo de municipalização das escolas de Ensino Fundamental pertencentes à rede estadual. Além disso, a parceria para a recuperação de escolas da rede municipal e a implantação do Colégio Militar na Cidade Olímpica”, pontuou o secretário Felipe Camarão.

“A reunião foi muito produtiva, um dos pontos abordados foi a municipalização das escolas. As secretarias Estadual e Municipal vão trabalhar juntas num regime de colaboração e planejamento, pensando no estudante e em prol da qualidade da educação”, pontuou o secretário municipal de Educação, Moacir Feitosa.

Definida composição da Mesa Diretora da Assembleia do Maranhão

 

al
Composição da nova Mesa Diretora da Assembleia do Maranhão que deverá ser eleita nesta sexta-feira(1°)/Foto: Reprodução

Após a posse na Assembleia Legislativa do Maranhão, nesta sexta-feira (1°), haverá a eleição da Mesa Diretora para o biênio 2019-2010. A chapa encabeçada pelo presidente Othelino Neto (PCdoB), foi fechada na noite de ontem quinta-feira (31). Apenas a 4° vice-presidente não foi ainda definida, mas deverá ser ocupada pelo deputado Roberto Costa (MDB).

Presidente – Othelino Neto
1o Vice Presidente – Dep Glalbert Cutrim
2o Vice Presidente – Deputada Detinha
3o Vice Presidente – Deputada Thaísa Hortegal
4o Vice Presidente
1a Secretária – Deputada Andréia Martins Resende
2a Secretária – Deputada Dra Cleide Coutinho
3o Secretário – Deputado Pará Figueirêdo
4a Secretária – Daniella Tema

Flávio Dino mostra coerência política em entrevista na GloboNews

 

flavio
Entrevista de Fávio Dino (Governador do Maranhão), na GloboNews/Foto: Reprodução

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), voltou ocupar espaço na imprensa nacional para falar sobre atual conjuntura política nacional e sua gestão no estado. Conhecido pela firmeza, coerência política e ideológica o governador não economizou nas críticas a algumas medidas inicias adotadas pelo governo Bolsonaro.

Ele também propôs alternativa para o combate a violência no país e defendeu uma reforma da previdência que não penalize os mais pobres.

Abaixo a entrevista na GloboNews ao Jornalista Mário Sergio Conti.

Othelino Neto faz balanço em tom conciliador, marca de sua gestão

 

hotelino
Othelino Neto (Presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão)/Foto: Reprodução

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Othelino Neto (PCdoB), fez no inicio da semana, um balanço de fim de ano e uma saudação especial aos quatros deputados estaduais maranhenses eleitos para a Câmara Federal.

Os deputados Bira do Pindaré (PSB), Eduardo Braide (PMN), Josimar de Maranhãozinho (PR) e Edilázio Júnior (PSD) se despediram do Plenário da Casa, com discursos emocionados e cheios de apartes.

“Nessa sessão de despedidas, quero parabenizar todos os deputados estaduais, mas, em particular, os quatro que se elegeram deputados federais, a começar pelo deputado Bira, que também teve dois mandatos de deputado estadual e, agora, vai para esse novo desafio. Um deputado sempre aguerrido, sempre com posições muito fortes. Quero desejar ao deputado Bira sucesso lá em Brasília”, iniciou.

Valentia e aprendizado

O presidente da Assembleia registrou, ainda, a valentia do deputado Stênio Rezende (DEM), que lançou a sua esposa Andreia Rezende (DEM) como candidata a deputada estadual, após passar por um momento muito difícil, quando do acidente que os vitimou. “Mas, graças ao trabalho político que o casal vem fazendo, ela, mesmo sem poder fazer campanha, foi eleita e será diplomada deputada estadual, apesar dos graves problemas de saúde que enfrentou”, disse.

Othelino Neto afirmou que a legislatura foi de muito aprendizado, apesar de um momento de muita tristeza, quando da morte do presidente Humberto Coutinho.

“Ele, certamente, hoje, está em bom lugar, embora faça muita falta para nós, mas foram quatro anos de muito aprendizado, onde pessoas que eu não conhecia, aprendi a conviver e, hoje, temos uma relação e tenho relação muito boa com todos os deputados”, afirmou.

Por fim, fez uma saudação ao deputado Rogério Cafeteira (DEM), classificando-o como um grande líder do governo. “A Assembleia Legislativa produziu muito a favor do Maranhão, cada um do seu jeito. Cada um dos deputados deu a sua contribuição, os debates que aconteceram foram saudáveis, porque o Parlamento tem que ser plural, como é a Assembleia Legislativa. Momentos de divergências, que se acabavam aqui na tribuna e, quando os deputados desciam, se cumprimentavam, se abraçavam e cada um seguia a vida defendendo as suas posições e aquilo em que acreditam. A Assembleia do Maranhão fez bem o seu papel, nos seus últimos quatro anos. A renovação que aconteceu é natural da democracia. Aqueles que não conseguiram renovar os seus mandatos certamente terão outras oportunidades nas urnas”, finalizou.

Para Marcio Jerry “quebrada está a oposição que não tem o que dizer”

marcio jerry

Um dos principais nomes do governo do Maranhão, o deputado federal eleito Marcio Jerry (PCdoB), conversou com o Blog Upaonews no final da tarde desta quinta-feira (22). Ele acompanhou o governador Flávio Dino esta semana em Brasília, onde foi cumprido extensa e importante agenda.

Aliado de Flávio Dino de longa data, conquistou uma das vagas de deputado federal nas eleições de 2018 com expressiva votação. Experiente na política, mesmo ainda não tendo exercido mandato eletivo  se mostra consciente e atento a conjuntura politica nacional e o papel da classe política local em defessa do país e do Maranhão, num cenário de incertezas no Brasil.

Basicamente duas questões foram tratadas com Marcio Jerry, a primeira  quanto a relação do governo Federal e o Maranhão. A outra, o ‘mantra’ da oposição a Flávio Dino, de que seu governo teria quebrado o estado..

Sobre a relação com o governo Federal, onde o presidente eleito Jair Bolsonaro tem no governador Flávio Dino, um dos mais duros críticos do projeto que conduzirá o país a partir de 2019, Marcio Jerry, lembrou que a luta do Maranhão será a mesma do Brasil, em particular dos nove estados da região Nordeste.

” O presidente Bolsonaro foi eleito para presidir o Brasil dentro dos marcos constitucionais e democráticos, respeitando os votos que o elegeu, assim como dos governadores e parlamentares que não são ligados a ele. Então vamos sim, buscar uma relação institucional  do Maranhão com o governo Federal”, disse Marcio Jerry.

Quanto aos ataques sistemáticos e acusações ao governo Flávio Dino, que teria comprometido as contas públicas, Márcio Jerry, foi taxativo “quebrada está a oposição” ressaltando as derrotas aplicadas ao grupo sarney em 2014 e 2018, que segundo ele, implodiu a oposição no Maranhão.

“O que está quebrado é a oposição que não tem o que dizer! O governador Flávio Dino foi eleito em 2014 e 2018, tem um portfólio de realizações e obras em todo Maranhão. Ampliou a Saúde, Educação, Segurança.., e paga em dia os salários do funcionalismo público. Fez um trabalho que não tem um similar no Brasil, cujo resultado foi o reconhecimento nacional do Portal G1 como o melhor governador do país. Quem quebrou foi a oposição, tanto que continua tonta com a eleição de 2018, sem saber o que fazer e dizer. Perdem tempo com provocações tolas que fazem desde 2015, com prenúncios do caos..” destacou .

ÁUDIO DA ENTREVISTA COM MARCIO JERRY